Anuário Datafolha Top of Mind 2020

Anuário Datafolha Top of Mind 2020

Varejo – Ótica e Joalheria

 

 

 

 

 

marca Óticas Boris segue firme na lembrança dos consumidores cearenses, consolidando-se como líder absoluta na categoria Ótica e Joalheria. Em todas as edições da pesquisa, a marca esteve em primeiro lugar. Em 2020, o índice de citações espontâneas foi de 33%.

Para o diretor Clayton Boris, manter a marca no topo é uma tarefa que demanda “qualificação e expertise”. “Para garantirmos a perpetuidade dessa boa relação com o cliente buscamos conhecer as suas necessidades para melhor orientá-lo. No atendimento, na venda e no pós-venda, a atenção voltada para ele é total. Todo esse método foi incorporado, e fortaleceu ainda mais a marca da empresa. Mais do que apenas vender, a Óticas Boris preza pelo relacionamento com o consumidor”, declara.

A empresa teve sua primeira loja fundada em 1973, no Centro de Fortaleza. Com o clássico slogan “especialista em óculos de grau”, hoje a marca Óticas Boris é administrada pela Boris Trading Licenciamento de Marcas, empreendimento que trata de aspectos organizacionais e publicitários de mais de 60 lojas Boris licenciadas em diversas regiões do Ceará.

A segunda colocada na pesquisa, Óticas Diniz, declara ser a maior rede de varejo óptico nacional, calculando ter mais de mil lojas em todo o Brasil. A marca atua no mercado brasileiro desde 1992, quando foi fundada. Apesar de perder espaço na memória dos cearenses em relação à última edição, quando atingiu seu melhor índice (15,9%), a Óticas Diniz ficou pouco à frente da Casa dos Relojoeiros e conquistou o segundo lugar, com 13,5% contra 12,6%.

A pesquisa traz na sequência as marcas Ópticas Itamaraty (5,9%), Rommanel (4,4%), Óticas Visão (3,1%) e Aliança de Ouro (1,2%). Uma fração de 8,6% não soube informar o nome de nenhuma ótica e joalheria — um recuo acentuado em relação a 2016, quando o índice foi de 14,2%.

O setor é definido pela predominância de marcas locais. A Casa dos Relojoeiros, fundada em 1963, aparece em terceiro lugar e possui em seu portfólio uma gama de produtos no segmento de ótica, relojoaria e joalheria. Em todas as edições da pesquisa, a marca alcançou seu melhor resultado em 2020 — uma recuperação de 4,4 pontos percentuais em relação ao índice de 2016, quando a marca possuía 8,2% das citações. As outras cearenses citadas são, além das Óticas Boris, Casa dos Relojoeiros e Ópticas Itamaraty, as Óticas Visão e a Aliança de Ouro.

No recorte da classe AB, a pesquisa aponta que o pódio é dividido entre as marcas Óticas Boris, com 30,6% das menções espontâneas, Casa dos Relojoeiros, com 19%, e Óticas Diniz, com 12,9% das citações.