Infraestrutura

A agenda positiva do Ceará nos últimos anos passa pela Infraestrutura. E a agenda negativa também, na medida em que o Estado lida, por exemplo, com as limitações nacionais quanto à cobertura dos serviços de esgotamento sanitário. Voltando à agenda positiva, hub se tornou palavra-chave em pelo menos três apostas concretas do Ceará: um hub aéreo das companhias Air France-KLM e Gol, em operação desde 2019, a partir da concessão do Aeroporto Pinto Martins (de Fortaleza) à iniciativa privada (a alemã Fraport); um hub portuário, com a entrada da estatal holandesa Port of Rotterdam; e o hub com 18 cabos submarinos até 2021, ligando Fortaleza a cinco continentes.

Conforme atesta a Anatel, o Ceará é um dos três estados brasileiros com melhor conexão banda larga, velocidade e quantidade de fibra óptica instalada. Em 2020, 85,9% dos municípios cearenses já tinham cobertura por fibra óptica.