O ano de 2022 para o futebol cearense ganhou caráter histórico. Pela primeira vez, o Estado classificou oito representantes nas diferentes divisões do Campeonato Brasileiro, afora a participação do Fortaleza na Copa Libertadores e Ceará na Copa Sul-Americana. Os dois maiores clubes, Ceará e Fortaleza, mais uma vez disputaram
a Série A. Ferroviário, Floresta e Atlético-CE disputaram a Série C, três clubes do Interior alcançaram a Série D: Icasa, Pacajus e Crato. O ano histórico ensejou a estreia de um novo capítulo. A partir deste ano, o Anuário passa a reunir informações relevantes sobre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Federação Cearense de Futebol (FCF) e os principais clubes, com dados acerca das diretorias, orçamentos, patrimônios, receitas, ranqueamentos nacionais e internacionais, dentre outros. Traz ainda informações sobre o campeonato feminino.