Histórico

BREVE HISTÓRIA DO CLÁSSICO-REI

Fortaleza x Ceará, pela Copa do Brasil, jogo 1 na Arena Castelao. em época da Covid-19. Crédito: Aurélio Alves/O POVO

O Clássico-Rei é o maior clássico de futebol do Estado, sendo também um dos maiores do Nordeste e do Brasil. A rivalidade acontece entre os dois principais clubes cearenses: o Ceará Sporting Club e o Fortaleza Esporte Clube. O nome Clássico-Rei foi instituído em decorrência de uma matéria publicada no O POVO nos anos 1960. A manchete trazia os dizeres “choque-rei”, termo que logo foi adaptado para "Clássico-Rei".


A manchete, datada do dia 6 de agosto de 1962, dizia: "Ceará x Fortaleza: sensacional, amanhã. Completas as duas equipes para o ‘choque-rei’ do futebol cearense". Antes, de acordo com a matéria do O POVO de janeiro de 1962, o caderno de Esportes fez referência ao termo “choque-rei” por causa de uma partida entre Botafogo e Santos, considerado o "mais aguardado encontro de futebol dos últimos tempos".


O livro , do pesquisador José Renato Santiago Jr., destaca que o primeiro jogo entre Ceará e Fortaleza foi realizado em 1918 pelo campeonato Liga Metropolitana Cearense. Com essa data marcada na história do futebol cearense, o centenário Clássico-Rei se solidifica a cada partida.


Sob a gestão da Liga Metropolitana Cearense de Foot-Ball, entidade que organizava os torneios, à época, as competições de futebol no Estado começaram a ser disputadas em 1915. O Ceará venceu as três primeiras edições da Liga Metropolitana, ainda sem a presença do Fortaleza. Em 1918, o Tricolor recém-criado teve a primeira participação no torneio garantindo o vi- ce-campeonato, perdendo de 4 a 0 para o Ceará.


De lá para cá, já são 106 anos de vitórias, derrotas, empates e muita emoção nos Clássicos-Rei. Com a tradição passando por gera- ções, o Ceará somava mais de 1,3 milhão de seguidores no Instagram em abril de 2024; na mesma época, o Fortaleza tinha 1,5 milhão de seguidores na rede social.




RIVALIDADE


Final do Campeonato Cearense. Crédito: Samuel Setubal/O POVO



A histórica rivalidade entre os clubes teve início em 1922, mais precisamente na final do Campeonato Cearense daquele ano. O Fortaleza vinha de uma sequência de conquistas e tinha vencido a primeira partida da final.


Com a mão na taça e empolgado com a última vitória, o Tricolor reservou o restaurante Rotisserie Sportman para comemorar o tricampeonato cearense. Contudo, o Ceará conseguiu reverter a vantagem e goleou o Fortaleza por 4 a 1. Conquistando o Campeonato Cearense de 1922, o time ainda festejou o título no mesmo local que havia sido reservado para a comemoração do Tricolor. Desde então, a rivalidade entre as equipes só aumentou ao longo dos anos.


O embate ganhou maior destaque nacional em 2019, quando os times voltaram a se enfrentar pela primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Tais jogos aconteceram até 2022, ano de rebaixamento do Ceará. Em confrontos eliminatórios, ocorreram duelos no Estadual, na Copa do Nordeste e na Copa do Brasil, como foi em 2021 e 2022. Nas duas vezes, o Tricolor levou a melhor e avançou.


NÚMEROS DOS CLÁSSICOS-REI


Na história centenária dos Clássicos-Rei, muitos foram os embates diretos entre Ceará e Fortaleza. Em 2023, ocorreram cinco clássicos; em 2024, até o fechamento desta edição, aconteceram quatro, sendo três pelo Campeonato Cearense e um pela Copa do Nordeste. Os dois últimos, nos dias 30 de março e 6 de abril, foram válidos pela decisão do Estadual. Após 0 a 0 na partida de ida e 1 a 1 na volta, o Vovô sagrou-se campeão nos pênaltis.


O número total de clássicos diverge a partir da fonte. De acordo com dados fornecidos pelo Ceará, são 614 jogos: 207 vitórias do Alvinegro, 215 empates, 184 triunfos do Leão e oito resultados indefinidos.


O Fortaleza, por sua vez, registra 610 duelos: 186 vitórias do Tricolor, 220 igualdades e 204 triunfos do Vovô. O clube também reconhece que certos embates não foram documentados. Os resultados indefinidos demonstram a longevidade do confronto, com placares que acabaram se perdendo pelo tempo.


RANKING NACIONAL DE CLUBES DA CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) é a entidade máxima do futebol brasileiro e é responsável por gerir todas as categorias da Seleção Brasileira de futebol. Dentre outras atribuições, a CBF organiza competições nacionais para o futebol de base, futebol masculino e feminino.


Entre 239 clubes do futebol brasileiro, o ranking estabelece uma classificação técnica com base no recente desempenho das equipes nas competições nacionais e internacionais. Para chegar à quantidade de pontos e formar o ranking, são analisados alguns critérios.


Pelo Campeonato Brasileiro, a pontuação é somada de acordo com a classificação do time e a série em que ele está. Caso participe da Copa do Brasil, os pontos podem aumentar de acordo com cada fase. Além disso, existem pesos e bônus que podem ser acrescentados aos pontos de cada equipe. Assim, após a soma de todos os pontos, o ranking é formado.


Em 2024, o Fortaleza continua entre os dez melhores times do Brasil no ranking da CBF, ocupando a 9ª colocação, com 12.350 pontos, na frente de equipes como Internacional (11º), Santos (12º) e Botafogo (14º). Em 2023, o Tricolor do Pici estava em 7º lugar. O Ceará, que disputou a Série B, caiu da 14ª para a 18ª posição, com 8.268 pontos. O Ferroviário, campeão da Série D, subiu do 54º para o 53º lugar.



Posição         Equipe Pontos

Flamengo 16.678 11ª Internacional 11.144
Palmeiras 15.372 12ª Santos 11.096
São Paulo 14.828 13ª Bahia 10.158
Athletico-PR 13.888 14ª Botafogo-RJ 9.712
Atlético-MG 13.282 15ª Red Bull Bragantino 9.046
Corinthians 12.926 16ª Atlético-GO 8.908
Fluminense 12.672 17ª Cruzeiro 8.330
Grêmio 12.456 18ª Ceará 8.268
Fortaleza 12.350 19ª Cuiabá 8.076
10º América-MG 11.533 20ª Goiás 7.810



Além do Nacional de Clubes, a CBF administra o de Federações, que classifica as entidades estaduais a partir da pontuação dos times filiados. A Federação Cearense de Futebol (FCF) totalizou 27.956 pontos na última temporada e apareceu no 6º lugar. Em 2023, a FCF ocupou a mesma colocação, com 28.914 pontos. A Federação Paulista de Futebol (FPF) continua na liderança, seguida por Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) e Federação Mineira de Futebol (FMF).



RANKING DA CONMEBOL TEM FORTALEZA EM 39º E CEARÁ EM 63°


Em dezembro de 2023, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou o ranking após o fim de mais uma temporada do futebol sul-americano. A Conmebol é a confederação das associações nacionais de futebol da América do Sul.


De 2022 para 2023, o Ceará perdeu posições no ranking, enquanto o Fortaleza subiu de colocação. O Vovô ocupava o 56º lugar e, sem atuar internacionalmente na temporada, caiu para 63º. O Leão do Pici, vice-campeão da Sul-Americana, foi do 78º lugar para o 39º. O ranking da Conmebol leva em consideração o histórico e a performance das equipes na Libertadores e na Sul-Americana.



RANKING DA FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA E ESTATÍSICAS DO FUTEBOL  (IFFHS)


No mundial de clubes da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS - sigla em inglês), o Fortaleza apareceu entre os 11 melhores times do mundo em 2023, sendo o terceiro melhor dentre os sul-americanos. O Ceará, ausente de torneios internacionais, não apareceu na lista.


As equipes apresentam várias oscilações nesse ranking. Em 2021, o Ceará ocupava a 91ª colocação, tendo subido para a 26ª posição em 2022, ao lado do Paris Saint-Germain (PSG), ambos com 192 pontos. Em 2023, o Vovô apareceu em 41º lugar.


O Fortaleza, em 2021, nem aparecia entre os 100 melhores clubes. O Leão do Pici figurava na 156ª posição. No ano seguinte, subiu para a 81ª colocação e, em 2023, apareceu em 11º lugar.


A subida do Tricolor para a 11ª posição, acima de times como Bayern de Munique e Barcelona, ocorreu em razão da campanha na Sul-Americana, que culminou no vice-campeonato.



Posição         Equipe Pontos

Manchester City 16.678
Real Madrid 15.372
Internazionale 14.828
Fluminense 13.888
Palmeiras 13.282
11º Fortaleza 12.926
13º Bayern de Munique 12.672
13º Flamengo 12.456
17º Barcelona 12.350
17º São Paulo 11.533

Fonte: Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS). Dados referentes ao ano de 2023.



A avaliação é feita de acordo com todas as competições que os clubes disputaram entre os dias 1º de janeiro de 2023 e 31 de dezembro de 2023. As posições são baseadas na quantidade de pontos obtidos pela equipe nas competições ao longo do ano.


As competições nacionais também são contabilizadas de acordo com o peso, definido por meio da posição dos clubes no ranking. Ou seja, caso muitos times brasileiros figurem nas primeiras posições, a Série A do Brasileirão fica em melhor posição na leitura da IFFHS. Os campeonatos mais fortes têm peso 4.


RANKING DIGITAL DOS CLUBES BRASILEIROS 2023


A edição de janeiro de 2024 do Ranking Digital dos Clubes Brasileiros, do Ibope Recupom, trouxe os resultados válidos para todo o ano de 2023 ao analisar o desempenho dos times brasileiros nas redes sociais. O estudo anual considerou 50 clubes do País, listando o aumento nas inscrições no período e a variação em relação a 2022.


As redes consideradas foram Facebook, X (ex-Twitter), Instagram, Youtube e TikTok. Os dez primeiros clubes no foram Flamengo, Corinthians, Fluminense, Palmeiras, Santos, São Paulo, Grêmio, Vasco, Botafogo-RJ e Atlético-MG, nessa ordem.


A pesquisa colocou o Fortaleza em 11º, sendo o clube do Nordeste de melhor desempenho digital ao longo do ano. Com cerca de 549 mil novas inscrições em suas redes, o Leão apresentou crescimento de 16,8%. No ranking combinado, a equipe ocupou o 18º lugar, com 3,8 milhões de inscritos.


O Ceará, por sua vez, ficou em 26º na análise de crescimento digital, sendo o quinto colocado considerando apenas equipes do Nordeste. Com 150 mil novos inscritos, a variação foi de 4,6%. No combinado, o Alvinegro ocupou o 19º lugar, logo depois do Fortaleza, somando 3,4 milhões de inscritos.