Anuário Datafolha Top of Mind 2020

Anuário Datafolha Top of Mind 2020

Serviços – Empresa de Ônibus

 

 

 

 

 

 Guanabara segue como a marca mais lembrada pelos cearenses no segmento Empresa de Ônibus, conquistando novamente a liderança isolada nesta edição. A empresa vencedora foi citada por 23,3% dos entrevistados. Em relação à classe AB o índice aumenta para 34,5%. Desde a primeira edição da pesquisa a empresa lidera, sendo esta a segunda vez que vence a categoria de forma isolada. Na última edição, em 2016, a Guanabara dividiu o topo do ranking com a Vega.

Com sede em Fortaleza, a Guanabara entrou em operação em 1992 e integra o portfólio do Grupo Guanabara no Ceará, composto pelas empresas Viação Fortaleza, Expresso Guanabara, Viação Urbana, Auto Viação Dragão do Mar, Via Metro, Empresa Vitória e a concessionária Mercedes-Benz Ceará Diesel. Mais três marcas do Grupo Guanabara foram citadas na pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind: Via Urbana (3,6%), Fortaleza (3,6%) e Dragão do Mar (3,2%) — as três do sistema de transporte urbano de Fortaleza.

A Guanabara opera linhas intermunicipais e interestaduais nas regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, atendendo a cerca de mil localidades. “A estratégia de comunicação da Guanabara é alinhada com o perfil do seu público. Para cada perfil, uma forma de se comunicar. A empresa utiliza canais digitais, sendo inclusive líder no segmento de transporte rodoviário, e as mídias como jornal, TV, rádio, busdoor, entre outras. Também promove merchandising em pontos estratégicos na área de operação da empresa”, conta o gerente de marketing da Guanabara, Rodrigo Mont’Alverne. 

Outras marcas citadas pelos entrevistados foram São Benedito (8,6%), Vitória (6,2%) e Vega (5,1%). O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), apesar de não ser uma empresa de ônibus, foi citado por 3,8%. A Viação São José recebeu 3,7% das indicações e a Fret Car, 3,6%, entre outras empresas lembradas. 

A porcentagem de pessoas que não souberam informar o nome de empresa de ônibus caiu consideravelmente de 20,1%, em 2016, para 8,6% nesta edição.