Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Ótica e Joalheria

Pesquisa publicada no Anuário do Ceará 2016-2017

Segmento Ótica e Joalheira

otica-e-joalheria-total

A Óticas Boris mantém a liderança da categoria desde o ano 2004. Em 2016, a marca obteve 37,2% de recall contra 45,6% do levantamento anterior. Mesmo com a queda, mantém a liderança isolada em relação à segunda colocada, Diniz (15,9%). Outras marcas citadas foram Casa dos Relojoeiros (8,2%), Itamaraty (4,8%), King Jóias (2,6%), Carol (2,4%), Visão (2,3%), Rommanel (1,6%) e União (1%). O índice dos que não souberam responder subiu de 8,9% para 14,2%.

Com 60 unidades distribuídas pelo Estado, a empresa cearense afirma estar sempre buscando a proximidade com o cliente. “José Airton Boris sempre adotou uma política que é abraçada até hoje em todas as óticas: a de que o cliente vem sempre em primeiro lugar. Acredito que esse cuidado, essa atenção, as pessoas sentem”, declara Clayton Boris, diretor de marketing.

A vice-líder, Diniz, fundada no Maranhão em 1992, conta com mais de 900 lojas em todos os estados brasileiros. A marca se define como a maior rede de varejo óptico nacional. Com o slogan “Lugar de gente feliz”, a ótica tem a satisfação do cliente e boas condições de pagamento como objetivo.

Na sequência, a Casa dos Relojoeiros chegou ao índice de 8,2% de respostas entre os entrevistados. Com mais de 50 anos atuando no segmento, a empresa possui mais de 30 lojas nos estados do Ceará, da Paraíba e do Maranhão, e tem como missão superar as expectativas dos clientes e atender às dos colaboradores e fornecedores. A Itamaraty completa a lista com 4,8% de recall.