Boas-vindas!

APRESENTAÇÃO – UMA OBRA DE ARTE

ma obra de arte. É assim que a edição impressa do Anuário do Ceará se posiciona. A galeria erigida desde a guinada editorial implantada há 20 anos é a demonstração concreta deste primor. E no centenário de Aldemir Martins eis que o cearense genial reaparece em forma de gato, galo, peixe, homem, mulher e coruja para ilustrar 680 páginas de informação e análise, com uma série de dados exclusivos, em 14 capítulos.

Nesta edição, o Anuário tem um novo capítulo. O ano histórico para o futebol cearense em 2022 ensejou um material especial. Outro destaque é a 5ª edição do Índice Comparativo de Gestão Municipal (ICGM Anuário do Ceará-Ipece) além dos novos rankings dos parlamentares mais influentes.

A pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind mostra a força das marcas em 23 categorias, além da marca Top do Top. O Anuário é feito de muita informação atualizada com rigor jornalístico, vide o Guia das Cidades. Cerca de 100 dados sobre cada um dos municípios.

O time comandado pela editora-executiva Joelma Leal apura, checa, revisa e edita um manancial de informações sem igual. Uma empreitada de noites adentro a discernir o que é mais importante para os leitores. À editora de arte Andrea Araujo e sua equipe cabe manejar o artístico sem perder o sentido utilitário.

A fechar a edição 2022-2023, o capítulo especial é dedicado a Aldemir Martins. Em texto primoroso de Bruna Forte, apresentamos um ensaio biográfico deste artista cuja arte tinha como marca o belo e o despudor de se aproximar do público. Aproximem-se.