Anuário Datafolha Top of Mind

Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Loja de Moto

Pesquisa publicada no Anuário do Ceará 2016-2017

Segmento Loja de Moto

loja-de-moto-totalAuge Motos (5,6%), Ceará Motos (5,4%) e Fort Motos (5,1%) encabeçam o ranking da categoria, com um empate técnico. No ano anterior, Auge Motos e Ceará Motos também haviam dividido a primeira colocação do ranking, com 4,1% e 4,2%, respectivamente. Já Fort Motos oscilou positivamente e foi para a liderança do pódio. A marca havia registrado 2,4% de recall na última edição, ano em que despencou na porcentagem de lembranças, pois havia marcado 5,2% de menções em 2013.

Quando se observa apenas a fatia de lembranças da classe AB, Fort Motos e Unimaq ficam na liderança com a mesma porcentagem, 6,9%. Configurando empate técnico, a Ceará Motos se junta às duas marcas, com 6,3% de recall. As quatro marcas mais citadas são concessionárias da Honda que também foi lembrada pelos entrevistados, somando 13,8% de recall. Ela, contudo, não é contabilizada no segmento, por ser uma marca de moto e não de loja. Nas classes AB, Honda também é a mais citada, somando 14,7% de recall.

Com foco nas classes C, D e E, a Auge Motos está no mercado há 21 anos e é destaque nacional nas vendas de consórcio de motocicletas da Honda. Já entregou mais de 80 mil veículos 0 km no Ceará. A marca atende a 53 cidades do Estado, por meio das matrizes localizadas em Fortaleza e em Sobral e duas filiais em Camocim e em Acaraú. Já a Ceará Motos possui duas unidades: em Fortaleza e em Maracanaú. É considerada uma concessionária ecológica, que encaminha todos os resíduos gerados para uma destinação ambientalmente correta.

A Fort Motos iniciou as atividades em julho de 1999. A missão da loja é comercializar peças, acessórios, consórcio e seguro Honda, além de ofertar assistência técnica. Com 33 anos de estrada, a Unimaq foi a primeira concessionária Honda em Fortaleza. Atualmente, a marca possui uma loja matriz na Capital, uma filial em Pacajus e outros 10 pontos de venda espalhados pelo Ceará.

Na classe AB, a marca Harley-Davidson foi mencionada por 1,7% dos entrevistados, e por 0,5% do público geral.