Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Café

Pesquisa publicada no Anuário do Ceará 2016-2017

Segmento Café

cafe-total

Santa Clara é o café mais lembrado pelos cearenses. A marca fica isolada na primeira colocação, após ser mencionada por 45,9% dos entrevistados da pesquisa, contra 42,8% do levantamento anterior. A marca Pilão aparece a seguir, com 15,9% das lembranças. Com 12,2% de recall, União foi o terceiro café mais lembrado. A empresa homônima, contudo, deixou de comercializar cafés no ano 2000. Maratá (7,7%), 3 Corações (4,1%), Kimimo (3,4%) e Nescafé (3,1%) figuram na sequência.O café Santa Clara lidera o mercado nas regiões Norte e Nordeste do País. A história da empresa teve início no interior do Rio Grande do Norte, em 1959, quando João Alves de Lima começou a vender grãos crus de café de porta em porta. Com o tempo, a forma de vender o produto foi sendo aprimorada, chegando ao formato de hoje. Em 2010, a marca passou a fazer parte do portfólio do grupo 3 Corações. Roberta Prado, gerente nacional de marketing do grupo, frisa que a marca Santa Clara lidera as vendas no Ceará, detendo uma fatia de 42% do mercado local. “Para manter a gestão e o padrão de qualidade dos produtos, nossa estratégia é criar laços com os consumidores, seja por meio da comunicação, que ajuda na construção da imagem da nossa marca, até ações nos pontos de venda, que nos deixam muito mais próximos deles.”

Com o slogan “O café forte do Brasil”, Pilão ocupa a segunda colocação. Possui seis linhas do produto: regular, aroma, solúvel, cápsulas, capuccino e senseo. A marca está no mercado desde 1978 e, hoje, calcula ser a segunda maior empresa de café do mundo, com mais de 20 marcas. Pilão passou a engrossar a lista de produtos da Companhia União dos Refinadores – Açúcar e Café, na década de 1970. A empresa foi fundada por imigrantes italianos em 1910, atuando, basicamente, nos mercados de açúcar e de café. Outra marca presente no ranking é o café União, que ficou em terceiro lugar.