lançamento

Livro resgata a obra do fotojornalista cearense Luciano Carneiro

20/10/2020
Crédito: acervo Luciano Carneiro / IMS A publicação reúne mais de 170 imagens e cerca de 35 matérias
O fotojornalista Luciano Carneiro (1926-1959), em sua breve carreira, documentou eventos históricos que marcaram a década de 1950, como a Guerra da Coreia e a Revolução Cubana. O cearense produziu, também, grandes reportagens sobre aspectos da realidade brasileira, de conflitos fundiários a atos estudantis. Sua obra é tema de um novo livro, publicado pelo Instituto Moreira Salles (IMS) em parceria com a Fundação Demócrito Rocha (FDR) e apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE).

“Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem (1942-1959)” é o título do livro a ser lançado no dia 22 de outubro (quinta-feira), às 18 horas, em uma live no YouTube do IMS. A publicação reúne mais de 170 imagens e cerca de 35 matérias. Também apresenta uma cronologia detalhada da vida do fotógrafo. O material exibido no livro provém do acervo de Carneiro e dos arquivos da revista O Cruzeiro, hoje parte do acervo do jornal Estado de Minas.

 
Em um primeiro momento, haverá uma breve conversa com os organizadores do projeto: Sergio Burgi, coordenador de Fotografia do IMS e organizador do livro;  Marcos Tardin, diretor da Fundação Demócrito Rocha; e Fabiano Piúba, Secretário da Cultura do Estado do Ceará.

Logo depois, será realizado um debate sobre o tema “Imagem e engajamento: o fotojornalismo humanista da década de 1950 e a fotografia documental contemporânea”. A conversa contará com a presença da historiadora Erika Zerwes e dos fotógrafos Tiago Santana e Victor Moriyama, além de mediação de Sergio Burgi. A live será transmitida ao vivo no YouTube do IMS.

Serviço:
Lançamento do livro  “Luciano Carneiro – Fotojornalismo e reportagem (1942-1959)”
Quinta-feira, 22 de outubro, às 18 horas
Onde? YouTube do IMS