saúde

Aplicativo “Xô, Mosquito!” auxilia denúncias contra focos do Aedes aegypti

22/01/2021

A Prefeitura de Fortaleza disponibiliza o aplicativo “Xô, Mosquito!”, cujo objetivo é aproximar o cidadão dos agentes de endemias do Município de forma a colaborar no enfrentamento às arboviroses. A iniciativa foi pensada, levando em conta o início de mais uma quadra chuvosa e a necessidade do combate e a prevenção dos focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Somente em 2020, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covis) registrou mais de 3 mil processos ou denúncias de focos de Aedes aegypti realizados pela população. Conforme o coordenador do Núcleo de Endemias de Fortaleza, Carlos Alberto dos Santos Barbosa, as solicitações podem ser atendidas e resolvidas mais rapidamente via aplicativo.

O aplicativo “Xô, Mosquito!” está disponível para download gratuito nas lojas virtuais Google Play (Android) e Apple Store (iOS), reunindo informações sobre as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, as formas de prevenção e propõe um checklist de medidas preventivas, que auxilia os interessados a estabelecer uma rotina semanal de verificação dos focos do mosquito em casa.

Todos esses acompanhamentos dão origem a relatórios que são encaminhados à Covis, ajudando a Secretaria Municipal de Saúde a verificar o grau de engajamento da população no combate ao vetor e na prevenção das doenças.

Outra funcionalidade é a consulta do número de casos notificados por bairro, tendo informações sempre atualizadas, obtidas diretamente do Sistema de Monitoramento Diário de Agravos (SIMDA).

O aplicativo traz, ainda, a versão digital de uma tabela (“Foco no Foco”) que os agentes de saúde utilizam nas visitas domiciliares de combate aos focos do mosquito, permitindo o envio de e-mail para a Vigilância em Saúde com sugestões, reclamações, elogios e outros assuntos.