Anuário Datafolha Top of Mind

Varejo

VAREJO

LOJA DE ELETROELETRÔNICO

eletroeletronico-totalHá 11 edições liderando a pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind na categoria Loja de Eletroeletrônico, a marca Rabelo repetiu o resultado este ano e alcançou o índice de 34,8% das menções entre os entrevistados, com crescimento em relação à edição anterior, quando marcou 31,8%. A seguir, ainda foram citadas as marcas Casas Bahia (10,3%), Insinuante (10%), Magazine Luiza (8,6%), Zenir (4,6%) e Macavi (3,6%).

Líder isolada no segmento, a Rabelo iniciou suas atividades no mercado cearense em 1993, ao inaugurar a primeira loja no Shopping Iguatemi. Hoje, são 40 unidades no Ceará e mais de 100 no Nordeste.

Para Adriano Rabelo, diretor comercial, o desempenho na pesquisa é resultado de uma equação simples para conquistar e fidelizar os clientes: a oferta constante de bons produtos a preços bastante atraentes e condições especiais de pagamento. Além do público geral, a Rabelo ainda manteve a liderança entre a classe AB, com recall de 32,7%.

A Casas Bahia é vice-líder entre o público geral e na classe AB foi lembrada por 11,6% dos entrevistados. A rede atua há 60 anos no mercado nacional, com 650 lojas espalhadas por 18 estados e sede administrativa em São Paulo. A empresa declara ser uma das maiores varejistas de eletroeletrônicos do mundo, com a marca avaliada em R$ 1,2 bilhão.

Em terceiro lugar, a Insinuante está presente em todos os estados nordestinos. Foi fundada em 1959, em Vitória da Conquista, na Bahia, pelo empresário Luiz Carlos Batista, que hoje preside a holding Máquina de Vendas, formada pela união das varejistas Ricardo Eletro, Insinuante, City Lar, Eletro Shopping e Salfer.

  • FARMÁCIA

    FARMÁCIA

    farmacia-totalQuando se fala em farmácia, a Pague Menos é lembrada pela maioria dos entrevistados, com 65,6% das menções, ante 70,9% do levantamento anterior. Segundo a diretora de compras e marketing da rede de Farmácias Pague Menos, Patriciana Rodrigues, o tripé inovação, conveniência e cidadania é a base de sustentação estratégica do crescimento das Farmácias Pague Menos. “Ser a rede de farmácias mais lembrada pelos cearenses é o reconhecimento de todo o nosso esforço e um sinalizador de que estamos no caminho correto. Além disso, um conjunto de ações reflete esse reconhecimento”, diz Patriciana.

    Há lojas em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal. No Ceará, são 142 lojas, sendo 105 na Região Metropolitana de Fortaleza. Até o fechamento desta edição, a rede possuía 876 lojas, com planos de fechar 2016 com 950 pontos de vendas.

    Aliada aos eventos, campanhas e ações de inovação ajudam a Pague Menos a ser a farmácia mais lembrada pelos consumidores cearenses.

    “As diversas ações desenvolvidas pela empresa para os clientes levaram a Pague Menos para onde a concorrência jamais conseguiu ir: ao coração dos clientes”, complementa a diretora. Em comemoração aos 35 anos da marca, a agência Advance Comunicação desenvolveu novo logotipo, simbolizando uma nova fase para a empresa.

    Outras marcas lembradas pelos consumidores foram: Dose Certa (5,9%), Farmácia do Trabalhador (3,6%), Extrafarma (3,3%), Avenida (1,5%) e Aldesul (1,3%), entre outras com índices inferiores a 1% cada.

    Já o índice dos que não se lembram de nenhuma farmácia corresponde a 1,3% dos entrevistados.

  • LANCHONETE

    LANCHONETE

    lanchonete-totalPela terceira vez, o McDonald’s vence a categoria Lanchonete, com índice de 22,3%, resultado próximo ao alcançado na pesquisa anterior, quando registrou 23,1%. O Habib’s aparece na sequência, com 11,1%, seguido pela cearense Bebelu, com 6,2%. Ao considerar o resultado obtido a partir das respostas dos entrevistados das classe AB, há uma inversão entre o segundo e terceiro lugares: a marca Bebelu foi lembrada por 9,9% e Habib’s por 8,1%.

    Vencedora absoluta da categoria, a rede norte-americana McDonald’s está presente no Brasil desde 1979, quando inaugurou a primeira loja no Rio de Janeiro. Atualmente, a rede possui mais de 33 mil restaurantes, distribuídos por 119 países.

    O Habib’s, vice-líder na categoria, afirma ser a maior rede de fast-food de culinária árabe do mundo. O grupo atribui o sucesso ao sistema inovador de franquias, aos preços acessíveis e ao conceito de alimentos padronizados.

    Ocupando o terceiro lugar entre o público geral, Bebelu avança uma posição no ranking, quando se leva em conta apenas os consumidores da classe AB. Para este público específico, ocupa a vice-liderança com 9,9%, frente ao índice de 8,8% alcançado no ano anterior. No mercado há 30 anos, surgiu no bairro Monte Castelo, em Fortaleza, ainda com o nome Babalu. Agora, a rede conta com 80 lojas presentes em 16 estados brasileiros, conquistou o selo de excelência da Associação Brasileira de Franchising e é reconhecida como uma das cinco melhores franquias do segmento no Brasil.

    A marca cearense Duda’s (3,3%) ficou à frente de nomes nacionais como Bob’s (2,6%) e Subway (2%).

    Apesar dos resultados alcançados pelas marcas na pesquisa geral, a maior parte dos entrevistados (31,8%) afirmou não lembrar nenhum nome quando se fala em lanchonete.

  • Loja de Informática

    LOJA DE INFORMÁTICA

    loja-de-informatica-total

    Quando se fala em loja de informática, um terço dos entrevistados (33,3%) se lembra de Ibyte. A marca obteve seu melhor índice na atual edição da pesquisa (havia obtido 31,6% no último levantamento) e se manteve isolada na liderança, seguida da Cecomil (7,8%) e da Nagem (2,3%). Fundada em Fortaleza, a Ibyte iniciou as atividades como distribuidora de computadores no ano 2000. Hoje, possui 28 lojas, sendo 16 no Ceará.

    Nelson Gurgel, gerente de marketing da Ibyte, atribui a boa colocação a diversos fatores, como atuação em outros canais, capilaridade de lojas para acesso a públicos diferentes e presença na mídia. “Somos uma empresa com mais de 15 anos de atuação no mercado com uma postura sempre muito preocupada com atendimento e satisfação do consumidor final”, declara.

    No mercado desde 1985, a Cecomil mantém a vice-liderança do Top of Mind, obtendo 7,8% das lembranças, passando por um crescimento no índice em relação à pesquisa anterior, quando obteve 7,1%. Atualmente, conta com 12 unidades de negócios, entre lojas e quiosques, em Fortaleza e Maracanaú. A empresa se considera a mais tradicional em produtos de tecnologia. São 31 anos no ramo.

    A pernambucana Nagem alcançou 2,3% das menções dos entrevistados, ficando em terceiro lugar na pesquisa. Mesmo com os resultados citados, a taxa dos que não souberam responder à pergunta para a categoria na pesquisa atual foi a mais alta, com índice de 47,2%.

  • LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

    LOJA DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

    loja-de-material-de-construção-total

    Construtop obteve 13,7% das citações na categoria. A marca oscilou positivamente em relação à edição passada da pesquisa, quando foi lembrada por 10,5% dos entrevistados. Acal teve 10,8% das menções, contra 7,8% da edição anterior. As duas empresas alcançam empate técnico, se for considerada a margem de erro de 4%, segundo o Datafolha. O ranking é composto, ainda, por Normatel (8,9%), TendTudo (4,6%) e Apiguana (3,1%).

    Ao considerar apenas as respostas do público da classe AB, os resultados são os seguintes: Normatel (17%), Construtop (12,8%) e Acal (12,1%).

    Fundada em 2002, a Construtop, além de Fortaleza, atua em outros cinco municípios cearenses: Aquiraz, Horizonte, Itapipoca, Mombaça e Quixadá.

    O diretor comercial da Acal, Gilberto Costa, atribui o aumento na porcentagem de lembranças na pesquisa ao atendimento de qualidade “superior” e ao posicionamento de produtos de qualidade com pronta-entrega garantida. “Uma das forças também importantes para gerar fluxo nas lojas é a indicação de amigos, comprovando a satisfação daqueles que já tiveram experiências com a Acal”, afirma Gilberto.

    Já a Normatel tem seis lojas de autoatendimento e uma loja conceito em Fortaleza e outra em Juazeiro do Norte. Com 38 anos de atuação, a empresa afirma ter como diretriz o padrão de qualidade, a diversidade de produtos, a quantidade de marcas oferecidas e uma equipe de profissionais centrada no atendimento e na satisfação do cliente.

    No total, 36% dos entrevistados afirmaram não lembrar nenhuma marca quando se fala em loja de material de construção.

  • Loja de Moto

    LOJA DE MOTO

    loja-de-moto-totalAuge Motos (5,6%), Ceará Motos (5,4%) e Fort Motos (5,1%) encabeçam o ranking da categoria, com um empate técnico. No ano anterior, Auge Motos e Ceará Motos também haviam dividido a primeira colocação do ranking, com 4,1% e 4,2%, respectivamente. Já Fort Motos oscilou positivamente e foi para a liderança do pódio. A marca havia registrado 2,4% de recall na última edição, ano em que despencou na porcentagem de lembranças, pois havia marcado 5,2% de menções em 2013.

    Quando se observa apenas a fatia de lembranças da classe AB, Fort Motos e Unimaq ficam na liderança com a mesma porcentagem, 6,9%. Configurando empate técnico, a Ceará Motos se junta às duas marcas, com 6,3% de recall. As quatro marcas mais citadas são concessionárias da Honda que também foi lembrada pelos entrevistados, somando 13,8% de recall. Ela, contudo, não é contabilizada no segmento, por ser uma marca de moto e não de loja. Nas classes AB, Honda também é a mais citada, somando 14,7% de recall.

    Com foco nas classes C, D e E, a Auge Motos está no mercado há 21 anos e é destaque nacional nas vendas de consórcio de motocicletas da Honda. Já entregou mais de 80 mil veículos 0 km no Ceará. A marca atende a 53 cidades do Estado, por meio das matrizes localizadas em Fortaleza e em Sobral e duas filiais em Camocim e em Acaraú. Já a Ceará Motos possui duas unidades: em Fortaleza e em Maracanaú. É considerada uma concessionária ecológica, que encaminha todos os resíduos gerados para uma destinação ambientalmente correta.

    A Fort Motos iniciou as atividades em julho de 1999. A missão da loja é comercializar peças, acessórios, consórcio e seguro Honda, além de ofertar assistência técnica. Com 33 anos de estrada, a Unimaq foi a primeira concessionária Honda em Fortaleza. Atualmente, a marca possui uma loja matriz na Capital, uma filial em Pacajus e outros 10 pontos de venda espalhados pelo Ceará.

    Na classe AB, a marca Harley-Davidson foi mencionada por 1,7% dos entrevistados, e por 0,5% do público geral.

  • LOJA DE ROUPA

    LOJA DE ROUPA

    loja-de-roupa-totalA C&A volta a vencer a categoria de forma isolada, assim como ocorreu no ano de 2013. Na última pesquisa, a marca dividiu a liderança com a Riachuelo e, no atual levantamento, foi lembrada por 19,5% dos entrevistados (o índice anterior era 13,6%).

    A Riachuelo oscilou positivamente, passando de 12,9% para 14%, mas não o suficiente para empatar com a C&A. A seguir, aparecem Marisa (8,3%), C.Rolim (7,6%), Ponto da Moda (7,1%), Esplanada e Renner (3,3% cada), Handara (2,1%), Skyler (1,5%), Blinclass (1,2%), Kokid, Centauro e Zefirelli (1% cada). Outras marcas não atingiram 1% das menções cada uma, e 10,7% dos entrevistados não se lembram de nenhuma marca de loja de roupa.

    Ao levar em consideração as respostas apenas dos entrevistados da classe AB, a liderança é dividida entre C&A (18,6%) e Riachuelo (15,8%).

    A loja de roupas C&A se considera uma empresa inovadora e apaixonada pelas pessoas, e se destaca na venda de roupas, acessórios, celulares e eletrônicos. A C&A possui mais de 170 anos de história e suas iniciais vêm dos seus fundadores holandeses, Clemens e August. Atualmente, a empresa possui mais de 1,8 mil unidades em 24 países da Europa, América Latina e Ásia. A C&A chega ao Brasil no ano de 1976, com sua primeira loja em São Paulo. A marca soma 289 em 125 cidades, empregando cerca de 22 mil pessoas.

    Em segundo lugar, na mesma categoria, está a Riachuelo, no mercado desde 1947. Na estrutura da empresa, estão 289 lojas em todo o País, dois parques industriais e 40 mil funcionários. O foco é abranger todos os segmentos com a venda de produtos femininos, masculinos, infantis, moda, casa e calçados.

  • LOJA DE SAPATOS

    LOJA DE SAPATOS

    loja-de-sapatos-total

    A Casa Pio foi a loja de sapatos mais lembrada pelos cearenses, contabilizando 59,1% de recall dos entrevistados, mas já foi melhor. Em 2006 atingiu 72,2%. Presente no mercado há 88 anos, a Casa Pio tem mantido modernidade, simplicidade e acessibilidade de seus produtos como princípio orientador do setor de compras, de acordo com o diretor-presidente, Clóvis Rolim. “Assim, formamos a nossa marca e procuramos mantê‑la por meio de um planejamento comercial dinâmico e atual e que segue as tendências da moda”, acrescenta.

    A rede possui 41 lojas no Brasil, sendo 23 delas localizadas em Fortaleza, dez em Recife (PE), e oito em João Pessoa (PB). A marca ainda, de acordo com Clóvis Rolim, utiliza a TV como principal meio de comunicação, em que, durante o ano, veicula anúncios e campanhas nas principais datas comemorativas.

    Em segundo lugar na categoria, está a Sapataria Nova, com 13,9% das lembranças dos entrevistados. Há 13 anos atuando no mercado cearense, a rede de lojas de sapatos tem 15 lojas distribuídas por Fortaleza, Caucaia e Maracanaú. A empresa considera que o bom resultado é parte de um contínuo trabalho de planejamento de fortalecimento da marca, sustentado em dois pilares primordiais: bons produtos e preços acessíveis. “Temos uma comunicação direta, de grande impacto visual e que fala com uma ampla fatia do universo feminino em todos os lugares onde elas estão, resultado de um mix de mídia on e offline”, afirma Eliziane Colares, diretora de planejamento da Advance, agência responsável pela comunicação da marca.

    Outras lojas ainda foram lembradas no ranking geral: a BanBan calçados, com 8% dos votos; a Esposende, com 3,8%; a Centauro, com 1,8%. O índice dos entrevistados que não souberam responder é de 3,8%.

  • ÓTICA E JOALHERIA

    ÓTICA E JOALHERIA

    otica-e-joalheria-total

    A Óticas Boris mantém a liderança da categoria desde o ano 2004. Em 2016, a marca obteve 37,2% de recall contra 45,6% do levantamento anterior. Mesmo com a queda, mantém a liderança isolada em relação à segunda colocada, Diniz (15,9%). Outras marcas citadas foram Casa dos Relojoeiros (8,2%), Itamaraty (4,8%), King Jóias (2,6%), Carol (2,4%), Visão (2,3%), Rommanel (1,6%) e União (1%). O índice dos que não souberam responder subiu de 8,9% para 14,2%.

    Com 60 unidades distribuídas pelo Estado, a empresa cearense afirma estar sempre buscando a proximidade com o cliente. “José Airton Boris sempre adotou uma política que é abraçada até hoje em todas as óticas: a de que o cliente vem sempre em primeiro lugar. Acredito que esse cuidado, essa atenção, as pessoas sentem”, declara Clayton Boris, diretor de marketing.

    A vice-líder, Diniz, fundada no Maranhão em 1992, conta com mais de 900 lojas em todos os estados brasileiros. A marca se define como a maior rede de varejo óptico nacional. Com o slogan “Lugar de gente feliz”, a ótica tem a satisfação do cliente e boas condições de pagamento como objetivo.

    Na sequência, a Casa dos Relojoeiros chegou ao índice de 8,2% de respostas entre os entrevistados. Com mais de 50 anos atuando no segmento, a empresa possui mais de 30 lojas nos estados do Ceará, da Paraíba e do Maranhão, e tem como missão superar as expectativas dos clientes e atender às dos colaboradores e fornecedores. A Itamaraty completa a lista com 4,8% de recall.

  • PERFUMARIA E COSMÉTICO

    PERFUMARIA E COSMÉTICO

    perfumaria-e-cosmetico-totalO Boticário segue liderando a categoria Perfumaria e Cosmético, atingindo, no atual levantamento, seu melhor resultado, 52,9%, ante 48,7% da pesquisa anterior. Natura vem a seguir, oscilando de 16% para 18,2%. Já a Avon caiu de 14% para 13,6%. Outras marcas lembradas atingem, no máximo, 1% cada, e 8,1% dos entrevistados não souberam responder.

    A primeira colocada possui 3.760 pontos de vendas em cerca de 1.750 cidades brasileiras e mais de 900 franqueados. “Acreditamos que a qualidade, a tecnologia e o cuidado que cada um dos nossos produtos de perfumaria, maquiagem e cuidados pessoais traz é percebido pelos nossos consumidores cearenses”, diz Rafael Nery, gerente regional de O Boticário no Estado. A marca tem um total de 140 lojas distribuídas pelo Ceará, sendo 43 em Fortaleza e na Região Metropolitana. A marca apresenta, ainda, um time de especialistas voltados para o diálogo com seus clientes, além de relacionamento em multiplataformas, com o objetivo de levar benefícios aos consumidores.

    A segunda colocada na pesquisa, com 18,2%, foi a marca Natura, que, em relação à pesquisa passada, aumentou 2,2%. De acordo com a empresa, o sucesso se deve à importância dada em gerar o bem-estar no mundo atual, sempre possibilitando beleza, prazer e sustentabilidade a quem se relaciona com a marca.

    A terceira colocação é ocupada pela marca Avon, com 13,6% dos entrevistados. Com 130 anos de atividades, a empresa se encontra no País há 60 anos e vende seus produtos em todo o território nacional. Em 2003, a empresa criou o Instituto Avon, que que ajuda a combater câncer de mama e violência doméstica.

  • SHOPPING CENTER

    SHOPPING CENTER

    shopping-center-total-

    Desde a primeira edição da pesquisa encomendada pelo Anuário ao Datafolha, quando o nome era Marcas do Ceará, em 2002, o Iguatemi é o shopping mais lembrado do Ceará e está no topo do ranking. Este ano, obteve 36,6% das lembranças dos entrevistados. Na colocação seguinte está o Shopping Parangaba, que passou de 8,8%, no ano passado, para 12% das citações dos entrevistados.

    A marca é seguida de North Shopping Jóquei (que subiu de 3,2% para 10,8%), North Shopping (7,8%), RioMar (o empreendimento foi inaugurado em 2014 e tem 7% de recall), Benfica (6,8%), North Shopping Bezerra (6,6%), Via Sul (3,6%) e Del Paseo (1,2%), entre outros que ficaram com índices inferiores a 1% cada. A taxa das pessoas que não souberam responder passou de 2,5% para 3,8%. As citações de North Shopping e North Shopping Bezerra provavelmente estão direcionadas ao mesmo equipamento. As menções a North Shopping, se computadas sem distinção, conferem à marca 14,4%, dando empate técnico com o Shopping Parangaba na segunda posição do ranking.

    No Ceará, os shoppings da rede Ancar Ivanhoe são North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei, North Shopping Maracanaú e Via Sul Shopping.

    Após a inauguração da sexta expansão do Shopping Iguatemi, o equipamento passou a ter 450 lojas, em uma área construída de 238.103 metros quadrados, além de 12 salas de cinema UCI Kinoplex e 6,7 mil vagas de estacionamento. “Conseguimos manter lojas funcionando há 34 anos e, ao mesmo tempo, estamos constantemente trazendo novas marcas, para atingir a maior diversidade possível de público”, considera o superintendente do Shopping Iguatemi Fortaleza, Wellington Oliveira.

    Já o Shopping Parangaba é mais novo no mercado, tendo sido inaugurado em 26 de novembro de 2013. Atualmente, possui cerca de 230 lojas, sete lojas-âncora, seis salas de cinema UCI e uma praça de alimentação com 1,3 mil lugares. É o único do Ceará com acesso a diferentes modais de transporte público, já que é interligado ao terminal de ônibus do bairro homônimo e às estações do metrô e do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). São ofertadas 1.300 vagas de estacionamento.

  • SUPERMERCADO

    SUPERMERCADO

    supermercado-total

    Na categoria Supermercado, o Extra ficou em primeiro lugar, com 14,8% das lembranças dos entrevistados na pesquisa. O bom resultado, segundo Marcelo Onofre, gerente regional Nordeste, dá-se por “constantes estudos para identificar as necessidades dos consumidores e investimento em diferenciais que sejam relevantes aos seus clientes”. Atualmente, a rede possui nove lojas no estado do Ceará, onde cinco atuam no formato hipermercado e quatro atuam no formato supermercado. Na região Nordeste, são 19 lojas atuando como hiper, 12 como super e uma atuando como minimercado.

    Com 8,8% das lembranças dos entrevistados, em segundo lugar ficou o cearense Center Box. Na edição passada do levantamento, a marca havia obtido 4,9% das lembranças. A empresa, que atua desde 1984, declara-se como competitiva por possuir bons preços e atendimento de qualidade. Atualmente, a empresa possui dez lojas em Fortaleza. “Acreditamos que o reconhecimento significa que estamos nos adequando às necessidades atuais do mercado com profissionais qualificados”, diz a diretora administrativa da empresa, Gláubia Albuquerque.

    Ainda no ranking geral foram citadas as marcas Bompreço (7,4%), Pinheiro (6,9%), Lagoa (6,1%), Cometa (5,4%), São Luiz (5,1%), seguidas de Pão de Açúcar (4,6%), Frangolândia (3,6%), Baratão (3,3%), Super do Povo (3,1%), São Francisco (2,6%) e Portugal (2,1%).

    Outras marcas lembradas atingem, no máximo, 2% cada, e 4,1% dos consumidores cearenses não souberam responder.