Anuário Datafolha Top of Mind

Serviços

SERVIÇOS

CONSÓRCIO

consorcio-totalRepetindo o resultado do levantamento anterior, Embracon e Honda lideram na categoria Consórcio. Enquanto Embracon se manteve estável (de 14,6% para 14,8%), Honda oscilou negativamente (de 18,5% para 14%). O empate se dá mesmo com a aplicação do teste estatístico de proporção, levando em conta a margem de erro de 4%.

Já ao fazer o recorte para o resultado apenas dos entrevistados da classe AB, Embracon lidera de forma isolada, com 21%, e Honda apresenta 15,1% das lembranças dos consumidores cearenses.

O consórcio Embracon atua desde 1988 e se define como uma das mais especializadas empresas de consórcio. A marca declara oferecer uma forma econômica e flexível para a compra de veículos e imóveis, atuando no mercado com mais de 120 filiais e mais de 600 parceiros de vendas em todo o País. De acordo com a empresa, o trabalho é voltado para conhecer as necessidades dos clientes.

O consórcio Honda, atuando desde 1981, tem forte tradição e reputação no segmento e garante ter negociado 12,5 milhões de cotas e entregue 5 milhões de motocicletas da marca. Segundo a empresa, agilidade, prazos flexíveis e taxas competitivas são responsáveis pelo reconhecimento e pelo sucesso do consórcio.

Outras marcas citadas foram: Saga (3,4%), Crasa (2,3%), Yamaha (1,3%) e Auge Motos (1%), entre outras com índices inferiores a 1% cada.

A maioria dos entrevistados (56,9%) não sabe ou não se lembra de nenhuma marca de consórcio.

  • Banco

    BANCO

    banco-totalO Banco do Brasil (BB) segue firme na liderança e vence a categoria desde quando a pesquisa ainda era denominada Marcas do Ceará, em 2002. A marca oscilou positivamente, passando de 34,2% (na edição passada) para 36,3% (no atual levantamento). O BB se apresenta como um banco de mercado competitivo e rentável, presente em todo o território nacional e no mundo, com mais de quatro mil agências e cerca de 40 mil caixas eletrônicos espalhados em shoppings, aeroportos e rodoviárias. De acordo com a empresa, o banco vem aumentando sua participação no Exterior, onde já possui 50 pontos de atendimento divididos em agências, subagências, unidades de negócios, escritórios e subsidiárias.

    Em segundo lugar na pesquisa, com 25% das lembranças dos entrevistados, está o Bradesco. O sucesso do bom desempenho das entrevistas, de acordo com o diretor de marketing da marca, Márcio Parizotto, está ligado ao relacionamento que a empresa tem com seus clientes, sempre visando ao compromisso que se tem com a qualidade no atendimento. “O resultado demonstra a proximidade que temos com toda a população do Ceará, refletida de forma espontânea na lembrança de nossa marca.” O Bradesco utiliza os meios de comunicação, além de campanhas direcionadas para as regiões do País. O banco conta com 1.905 pontos de atendimentos no Ceará, sendo 137 agências.

    No ranking geral da pesquisa, ainda foram lembrados pelos cearenses a Caixa Econômica, com 16,7% das indicações, seguida pelo banco Itaú (14,2%), Santander (3,3%), Banco do Nordeste (2,6%), entre outros.

    Apenas 0,2% dos entrevistados não se lembram de nenhuma marca quando se fala em banco.

  • Concessionária de automóveis

    CONCESSIONÁRIA DE AUTOMÓVEIS

    automoveis-totalQuando se fala em concessionária de automóveis, a maioria (57,2%) não se lembra de nenhuma marca. Entre as mais citadas, Saga é o destaque na categoria, com 5,2% das menções. Muitos dos entrevistados responderam marcas de carros, em vez do nome da concessionária. Por exemplo: citaram Chevrolet, Fiat, Volkswagen e Honda.

    Levando em consideração as concessionárias de automóveis, estão no ranking Guarautos (1,6%), Fazauto e Ceará Motor (1,5% cada), Newland e Iguauto (1,1% cada), Silcar e Krautop (1% cada). No total, outras marcas com índices inferiores a 1% cada somam 14,8%.

    Ao levar em consideração apenas as respostas dos entrevistados que sejam da classe AB, a Saga permanece líder, com 9,4% das respostas. As marcas dos carros, como Chevrolet e Volkswagen, também são citadas por boa parte dos entrevistados da classe AB. O restante da porcentagem das concessionárias ficou da seguinte forma: Newland e Iguauto (2,9% cada), ViaSul, Silcar, Fazauto e Ceará Motor (2,3% cada), Guarautos (1,7%), CDA, Smaff e Sanauto (1,2% cada), Vouga (1,1%) e outras com menos de 1%.

  • Construtora

    CONSTRUTORA

    Construtora-total

    Mota Machado é a construtora mais lembrada, com 11,8% das menções, melhor índice desde a primeira pesquisa. Na edição passada, a marca obteve 11,2%, contra o índice de 7,2% registrado em 2013. A seguir,aparecem Marquise (5,6%), Colmeia (4,8%), MRV Engenharia (3,6%), C.Rolim (1,6%), Diagonal (1,3%) e Nossa Senhora de Fátima (1%). Outras marcas citadas não atingem 1% das menções, cada uma, totalizando 17% quando somadas. Pouco mais da metade (53,3%) dos entrevistados, porém, não sabem ou não se lembram de nenhuma marca no que se refere a construtoras. Ao levar em consideração apenas as respostas dos entrevistados da classe AB, Mota Machado e Marquise dividem a liderança.

    Há quase 50 anos no mercado, a Mota Machado entregou três empreendimentos em Fortaleza e quatro em São Luís (MA) em 2015. Este ano, foi inaugurado o primeiro empreendimento em Teresina (PI), um em São Luís e um na Capital cearense — para onde estão previstos outros três até o fim de 2016. “Tudo isso é fruto de um trabalho contínuo, alicerçado num criterioso padrão construtivo, buscando a excelência dos projetos e pautado no respeito e na satisfação de parceiros comerciais e dos nossos clientes”, diz Felipe Capistrano, gerente comercial da marca.

    A construtora Marquise assina grandes empreendimentos no Ceará, como o Gran Marquise Hotel, o Scala Residenza e o Beach Park Resort. O Grupo surgiu em 1974, por iniciativa dos empresários José Carlos Pontes e Erivaldo Arraes. Está presente em 14 cidades e oito estados brasileiros, atuando nas áreas de incorporações, infraestrutura, serviços ambientais, hotelaria, comunicação, shopping center e centrais de atendimento ao cidadão.

    “Nossos produtos são desenvolvidos para proporcionar conforto e sofisticação aos clientes, pensando sempre na qualidade de vida deles”, considera Andréa Coelho, superintendente de obras e de incorporação da Marquise Incorporações.

  • Empresa de ônibus

    EMPRESA DE ÔNIBUS

    empresa-de-onibus-totalAs marcas Vega e Guanabara seguem líderes no segmento, ocupando o topo do ranking. Em relação à edição anterior da pesquisa, Vega oscilou positivamente de 8,1% para 10,8%, enquanto Guanabara passou de 10,7% para 9,3%. Outras marcas citadas pelos entrevistados foram Fretcar (7,2%), Via Urbana (6,5%), Fortaleza (6,1%), Dragão do Mar (5,9%), Viação São José (4,2%), São Benedito e Vitória (3,1% cada), Santa Maria e Santa Cecília (2% cada), entre outras com índices inferiores. Um quinto (20,1%) não soube ou não se lembra de nenhuma empresa de ônibus.

    Quando são consideradas apenas as respostas dos entrevistados da classe AB, a liderança é dividida entre três marcas: Guanabara, Vega e Via Urbana, com 12,2%, 9,3% e 8,1%, respectivamente.

    A Vega S/A Transporte Urbano foi fundada em 2002 pelo empresário Francisco Feitosa Albuquerque. A empresa iniciou as atividades operando com dez linhas em circulação, atendendo a apenas uma das sete regionais de Fortaleza, na área de Messejana. Hoje, são 70 linhas de ônibus, que cruzam a Cidade, atendendo a todas as regionais. Segundo balanço da empresa, as linhas mais buscadas pelos clientes são Antônio Bezerra/Francisco Sá/Papicu, Av. Borges de Melo I, Parangaba/Papicu e Antônio Bezerra/Messejana.

    A Guanabara opera nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste com 188 linhas. No Ceará, são 111 linhas transportando pessoas por diversos municípios. É uma empresa de transporte interestadual e intermunicipal de passageiros, com sede em Fortaleza. Em suas viagens, a marca atende a mais de mil localidades, transportando, em média, seis milhões de passageiros por ano. “A força da marca Guanabara está alicerçada sobre a excelência de seus serviços e seus principais diferenciais: conforto, segurança, conveniência e atendimento cordial e prestativo”, destaca o gerente de marketing da empresa, Rodrigo Mont’Alverne. A Guanabara declara ser líder no Nordeste e uma das cinco maiores empresas de transporte rodoviário do Brasil. Suas operações foram iniciadas em 1992.

  • Empresa de segurança

    EMPRESA DE SEGURANÇA

    empresa-de-seguranca-totalA marca Corpvs segue a tendência de crescimento desde 2009 e atinge, no atual levantamento, seu melhor resultado, com 26,9% das menções contra 24,9% de 2014. Há quatro décadas no mercado, a empresa atua nos segmentos de segurança patrimonial (vigilância armada e desarmada), segurança pessoal, transporte e custódia de valores, escolta armada, tesouraria, segurança eletrônica e rastreamento de veículos. A Corpvs está presente nos estados do Ceará, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, São Paulo e em outras cidades, como Palmas, Brasília, Goiânia, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

    A cearense Servis Segurança obteve o índice de 11,3% de recall, ocupando a vice‑liderança. Há mais de 40 anos atuando no segmento de segurança privada, está presente em oito estados brasileiros, com um leque de mais de 11 tipos de serviços diferentes. Além disso, o grupo é composto também por uma empresa de gestão ambiental. Com mais de 7 mil funcionários, a Servis atribui à justiça, à ética e à responsabilidade social o sucesso na trajetória.

    Fundada em 1973, a Ceará Segurança ficou em terceiro lugar com 4,1% no índice de lembranças, seguida da Servnac (3,1%). As outras marcas registraram índices inferiores a 1%. A taxa dos que não souberam responder ou não se lembraram de nenhuma empresa de segurança somou 46,4%.

  • Imobiliária

    IMOBILIÁRIA

    imobiliaria-totalMarcelino Freitas é a imobiliária com o maior índice de lembranças entre os entrevistados, com 3,1% de recall. A marca é seguida por SJ Imobiliária (2,9%), Lopes (1,8%) e Mega Imóveis (1,5%), entre outras que tiveram resultados abaixo de 1%.

    A maioria das pessoas entrevistadas, contudo, não lembra ou não sabe de nenhuma marca de imobiliária no Ceará. Esta é a quarta vez em que a categoria compõe a pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind. No primeiro ano, em 2012, 76% das pessoas não souberam responder, índice que passou para 79,4% em 2013, 70,4% em 2014 e atinge 74,6% no atual levantamento. A marca MRV foi citada por 2% dos entrevistados, mesmo sendo construtora, assim como a marca Mota Machado, citada por 1,1%.

    Quando se leva para a classe AB, não é possível apontar nenhuma marca vencedora. O índice de quem não sabe ou não lembra é de 62,2%.

    A Marcelino Freitas Imobiliária atua no mercado desde 1979. A missão da empresa é ser a solução em serviços de intermediação imobiliária, atender às expectativas dos clientes e fortalecer o compromisso entre os funcionários e a empresa. A empresa oferta compra e venda de imóveis, locação, avaliação de imóveis, documentação de imóveis, financiamento e consórcio, elaboração e consultoria em projetos de construção civil, consultoria voltada para investidores no setor de locação e formação de grupos de investidores para incorporação imobiliária.

    Já a SJ trabalha exclusivamente com locação e administração de imóveis comerciais e residenciais. São mais de nove mil imóveis na carteira, segundo balanço da empresa.

  • Seguradora

    SEGURADORA

    seguradora-totalAo se falar em seguradora, a maioria dos entrevistados não sabe ou não se lembra de nenhuma marca. A categoria passou a fazer parte da pesquisa em 2012, sempre registrando altos índices de desconhecimento: 78,2% em 2012, 88% em 2013, 69,9% em 2014 e 75,5% na atual pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind.

    Bradesco Seguros segue liderando a categoria. Em 2012, a marca alcançou 12,2% das menções, caiu para 5% no ano seguinte, oscilou para 8,3% em 2014 e atingiu 9,1% das menções dos entrevistados no atual levantamento.

    Na pesquisa realizada entre a classe AB, a Bradesco Seguros ficou tecnicamente empatada, com 14%, dividindo o primeiro lugar com a Porto Seguro, que ficou com 8,8%. Entre o público geral, esta marca ocupou a segunda posição, com 3,6% de recall. As marcas SulAmérica (2,5%) e Itaú (1,1%), entre outras, completam o ranking geral.

    Criada em 1935, a primeira colocada, Bradesco Seguros, atua em ramos como automóveis, saúde, capitalização e seguro de vida. Por meio de nota, a empresa informa trilhar um caminho de sólido crescimento. A estrutura abrange todo o País e já tem quase 47 milhões de clientes assistidos em uma estrutura formada por centrais de atendimento eletrônico, internet, 210 dependências próprias e 34 mil corretores, além das 4,7 mil agências do Banco Bradesco. A Bradesco Seguros também foi a primeira a instalar um canal de comunicação com seus clientes, visando resolver possíveis problemas de atendimento, no mais rígido padrão de qualidade.

    Já a Porto Seguro foi fundada em 1945, quando começou as atividades com 50 funcionários e, atualmente, emprega 13 mil pessoas, além de 12 mil prestadores de serviços por meio de suas 23 empresas.

  • Serviços automotivos

    SERVIÇOS AUTOMOTIVOS

    servicos-automotivos-totalEntre as marcas mencionadas, Gerardo Bastos e Padre Cícero se destacam, com 5,3% de recall cada. Ambas lideram o ranking no índice de lembranças. Gerardo Bastos oscilou de 3,8% para 5,3%, enquanto Padre Cícero passou de 0,7% para 5,3%. Outras marcas lembradas foram: Beto’s Car (0,8%), Crasa (0,7%) e Cordeiro (0,6%). A categoria Serviços Automotivos, contudo, segue apontando altos índices de desconhecimento de marcas. Em 2012, primeiro ano da categoria na pesquisa, 72,2% dos entrevistados não souberam responder, índice que passou para 78,6% em 2013, 64,5% em 2014 e atinge, atualmente, 74,4% das menções.

    Para o gerente operacional da Gerardo Bastos, Bernardo Bastos, a marca consolidou na mente dos clientes uma imagem de credibilidade, qualidade, garantia e confiança. “Essa imagem vem sendo sustentada ao longo de sua história com a ampliação de seu posicionamento no mercado, aumento do número de lojas e foco nos investimentos em marketing”, defende. Com 49 anos de fundação, a marca tem buscado aproximar-se do público por meio da internet, sem abandonar a divulgação na mídia tradicional, em rádio, TV e jornal.

    Em abril de 1975, cinco irmãos fundaram a Auto Peças Padre Cícero. A rede vende peças, tintas e acessórios para motos, veículos nacionais e importados, além de utilitários e toda a linha pesada. Hoje, são 12 lojas espalhadas por Fortaleza e duas em Teresina (PI).