segurança

Roubos de veículos reduzem 45% no balanço de 2019

14/01/2020
Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que englobam os roubos em geral, encerraram 2019 com redução de 45% se comparado a 2018, indo de 9.319 carros e motos roubadas para 5.128. 

Em dezembro, por exemplo, o CVP chegou ao seu 31° mês de queda. Os dados foram compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Essa foi a melhor redução nos roubos de veículos em sete anos. Até então, o melhor balanço havia sido registrado em 2012, quando ocorreram 6.359 crimes dessa natureza. Ainda de acordo com os indicadores criminais, todos os 12 meses de 2019 apresentaram retração se comparado ao ano anterior.

Só em dezembro de 2019, a diminuição foi de 35%, indo de 662 crimes para 432. Em novembro, a retração no roubo de veículos foi de 39%, indo de 728, no mesmo mês do ano passado, para 444, em 2019.

Crimes Violentos Contra o Patrimônio

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) chegaram ao 31° mês de redução consecutiva no Estado. No acumulado de janeiro a dezembro de 2019, a redução CVP 1, que abrange roubos a pessoa, de documentos e outros, é de 18,8%. Foram 53.759 ocorrências desse tipo registradas, em 2018, contra 43.656, em 2019. No total, são 10.103 roubos a menos do que no ano passado.

Ainda no acumulado do ano, todas as regiões do Ceará registraram resultados positivos. A maior queda percentual foi no Interior Norte, com menos 30,5% casos, indo de 4.778 para 3.322. Em seguida, vem o Interior Sul, com queda de 27,4%, indo 4.221 para 3.063. Depois, vem a Região Metropolitana de Fortaleza, com 24,8% de redução, diminuindo de 9.284 para 6.977. Por último, vem Fortaleza com redução de 14,6%, passando de 35.476, nos 12 meses de 2018, para 30.294, no mesmo período do ano passado. 

No CVP 2, que abrange roubo de carga, com restrição de liberdade da vítima, roubo a residência, de veículos e contra instituições financeiras, a redução foi ainda maior em 2019. Os 12 meses contabilizaram uma queda de 44,9%, com 10.754 ocorrências em 2018, contra 5.923, no mesmo período de 2019. No total, são 4.831 crimes a menos.

A maior redução percentual, no acumulado dos 12 meses de 2019, foi na Região Metropolitana, com redução de 46,5%: 2.736 (2018) e 1.463 (2019). Em seguida, vem Fortaleza, com 45,4% de queda: 5.642 (2018) e 3.078 (2019). Só em dezembro, foram 258 ocorrências a menos no Ceará, se comparado com o mesmo período do ano passado. Isso corresponde à queda de 34,5% nos crimes, passando de 748 para 490.