Anuário Datafolha Top of Mind

Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Hospital

Pesquisa publicada no Anuário do Ceará 2016-2017 

Segmento Hospital

Duas marcas dividem a liderança na pesquisa Anuário Datafolha Top of Mind na categoria Hospital: Antonio Prudente (passou de 10,7% para 18,5% de recall) e Hospital da Unimed (passou de 8% para 16,2%).

Na sequência, está a marca Hapvida, com 7% das lembranças dos entrevistados. O Hospital Antonio Prudente, contudo, faz parte do Hapvida Sistema de Saúde, logo, pode-se concluir que, quando as pessoas citam Hapvida como hospital, na verdade, referem-se ao Antonio Prudente. Se consideradas as duas porcentagens, Antonio Prudente fica isolado na liderança da categoria, com 25,5%.

A emergência pediátrica do Hospital Antonio Prudente é a maior de Fortaleza no segmento. O Hapvida ampliou a equipe médica, com mais pediatras de plantão 24 horas e reforçou a equipe de profissionais nas especialidades de neurologia e cirurgia pediátrica. “Foi o primeiro hospital da rede própria do Hapvida. Em 1979, ele quebrou paradigmas, pois privilegiava a hotelaria e os grandes procedimentos. O primeiro a atender pacientes soropositivos, além de fazer o primeiro transplante cardíaco e procedimentos por videolaparoscopia no Ceará”, ressalta Simone Varella, diretora de comunicação e marketing do Hapvida.

O Hospital Regional da Unimed (HRU) é o maior equipamento do Sistema Unimed do Brasil. O presidente da Unimed Fortaleza, João Borges, ressalta que a emergência do equipamento foi reformada, além de a pediatria ter um andar com 50 leitos voltados apenas para a especialidade. “A oncologia do HRU é referência de qualidade e eficiência. Todos os nossos procedimentos são criteriosamente avaliados para que possamos manter nossas certificações de segurança para o paciente.” Em maio de 2016, foram inaugurados 30 novos leitos, totalizando 330.

No ranking, aparecem também São Mateus (6,7%), Hospital Geral de Fortaleza (3,6%), Hospital Geral (3,2%), São Carlos (2,9%), Cura d’Ars (atual São Camilo), Luis França (2,8% cada) e Instituto Dr. José Frota (2,1%). A taxa dos que não souberam responder é a maior já registrada: 18%.

A soma de Hospital Geral de Fortaleza com Hospital Geral, numa provável intenção semelhante, chega a 6,8%. Isso seria mais do que os 6,7% de São Mateus