Anuário Datafolha Top of Mind

Anuário Datafolha Top of Mind 2016

Educação

Pesquisa publicada no Anuário do Ceará 2016-2017

Segmento Colégio

colegio-totalO Farias Brito dobrou o índice das menções na pesquisa, passando de 9% de recall na edição passada para 17,9% no atual levantamento. Ari de Sá manteve-se estável no ranking, com 10,8% de lembranças em 2016 contra 11,6% do ano anterior. Colégio 7 de Setembro obteve 10,5% de recall, seguido de Christus (3,6%), Lourenço Filho (2,6%), Manuel da Silva (1,8%), Colégio Castro (1,8%), Teleyos (1,6%), Tiradentes e José Alencar (1,3% cada). O índice dos que não souberam responder foi de 9,4%.

Levando em consideração o resultado na classe AB, a sequência dos primeiros colocados mantém-se do primeiro ao quarto lugar, no entanto o quinto mais lembrado é o Colégio José de Alencar, citado por 2,9% dos entrevistados.

Com 81 anos, o Colégio Farias Brito conquistou, em 2015, o 1º lugar 14 vezes em importantes competições escolares no Brasil. Entre esses resultados, estão o maior número de aprovações no ITA/IME e o 1º lugar em olimpíadas científicas. “Esse desempenho é sinônimo de uma escola que prepara o aluno para superar desafios e para a vida, primando por uma formação ética e cidadã”, destaca Tales de Sá Cavalcante, diretor-superintendente da Organização Farias Brito.

O Colégio Ari de Sá, há 16 anos no mercado, aposta que mais importante do que aprender é desenvolver a capacidade de aprender, pensar, conviver e resolver problemas. O diretor-presidente, Oto de Sá Cavalcante, diz que o principal projeto do colégio é cada vez mais integrar a família à escola. Fundado em 1935, o Colégio 7 de Setembro atribui o reconhecimento ao modo de fazer educação. “Estabelecemos uma parceria com a família para a formação do aluno, ensinando para os desafios da vida e preparando com os melhores conhecimentos e princípios morais, éticos e cristãos, junto com toda a nossa equipe docente”, afirma Ednilo Soárez, diretor do Colégio 7 de Setembro.