Ceará da Cultura

Bens Tombados pelo Estado na Capital e no Interior

AQUIRAZ

Casa do Capitão-Mor
Situada na rua Capitão-Mor, no Centro de Aquiraz, encontra-se a casa mais antiga do município. A edificação, conhecida como Casa do Capitão-Mor é, na verdade, a Casa dos Ouvidores, erguida há cerca de 300 anos. Foi a residência da maior autoridade da capitania durante o século XVIII. A casa pertenceu ao capitão-mor Manoel da Fonseca Jaime, que governou a Capitania do Ceará de 1713 a 1716, época em que Aquiraz era sede do governo. Construída em taipa, a edificação apresenta telhado em duas águas e estrutura em madeira atada com tiras de couro de boi. O madeiramento é em pau d’arco, carnaúba e aroeira, com portas de cedro, piso em tijoleira e arcaicas tramelas. As ferragens são todas em ferro batido, de desenho singular. Os portais e as soleiras em pau d’arco.

Endereço: Rua Capitão-Mor, s/n – Centro – CEP: 61700-000

AQUIRAZ

Igreja Matriz São José de Ribamar
Começou a ser erguida no início do século XVIII. Apesar de ter sofrido modificações que a descaracterizaram, conserva, como elementos de interesse, as portas da entrada principal, as almofadas em ressalto, a coberta da nave em caibros armados e os painéis pintados do forro da capela-mor, que narram cenas da vida de São José.

Endereço: Praça Cônego Eduardo Araripe – Loteamento Rota do Mar – Centro – CEP: 61700-000

AQUIRAZ

Casa de Câmara e Cadeia
(Museu Sacro São José de Ribamar)
Pequeno prédio de planta retangular. O primeiro pavimento, que servia de cadeia, foi erguido no século XVIII, com paredes de pedra e cal. O segundo pavimento, onde se reunia a Câmara, data da seca de 1877 e foi construído a fim de fornecer trabalho aos flagelados. A adaptação para uso atual como museu ocorreu no ano de 1967. Foi o primeiro museu sacro instalado no território cearense e passou a abrigar um conjunto de objetos religiosos advindos de vários municípios e paróquias do Ceará. O museu compõe o patrimônio arquitetônico de Aquiraz, oriundo do século XVII e passou por restauro, realizado em 2009 e 2010, com recursos da Secretaria do Turismo do Estado (Setur-CE).

Endereço: Praça Cônego Araripe, 22 – Centro – CEP: 61700-000

ARACATI

Sobrado do Barão de Aracati
Edificação do século XIX, o sobrado foi tombado em 1983 e caracteriza-se pela esbelteza de suas formas e por ter a fachada principal em azulejaria portuguesa. Abriga atualmente o Museu Jaguaribano.

Endereço: Rua Coronel Alexanzito, 743 – Centro – CEP 62800-000

BARBALHA

Sobrado à Rua da Matriz
(Casarão Hotel)
O sobrado reflete a aristocracia de Barbalha do século XIX. Foi construído pelo comerciante Antônio Manoel Sampaio, membro de importante família da região. A edificação teve como modelo os sobrados da rua Imperatriz de Recife. Com projeto da Divisão do Patrimônio Histórico e Artístico da Secretaria da Cultura do Estado, o sobrado foi recuperado e adaptado às funções de hotel. As obras foram iniciadas em 1976, sob responsabilidade da então Superintendência de Obras do Estado do Ceará (Soec), e inaugurado dia 20 de março de 1981.

Endereço: Rua da Matriz, 21 – Centro – CEP: 63180-000

BARBALHA

Casa de Câmara e Cadeia de Barbalha
A edificação foi construída durante a grande seca de 1877, com o objetivo de criar frente de trabalho para os retirantes. É, portanto, uma unidade arquitetônica representativa da história do povo de Barbalha, estando situada no local onde anteriormente se realizava a Festa do Pau da Bandeira de Santo Antônio.

Endereço: Rua Senador Alencar com Rua dos Cariris, 368 – Centro – CEP: 63180-000

CAMOCIM

Estação Ferroviária de Camocim
Localizada à margem do rio Coreaú, foi construída para ser ponto inicial que interliga o Porto de Camocim e a Estrada de Sobral. Seus traços arquitetônicos apresentam a influência marcante exercida pelas edificações ferroviárias europeias no Brasil durante o século XIX. A estação foi inaugurada em 1881, levando e trazendo pessoas e mercadorias, cruzando o Ceará, impulsionando a economia e modificando pensamentos e atitudes da sociedade.

Endereço: Av. Beira-Rio, s/n – CEP: 62400-000

CANINDÉ

Basílica de São Francisco de Canindé
É o local onde os romeiros pagam suas promessas e fazem seus agradecimentos. Trata-se do referencial de visita ao município Canindé. O templo passou por várias transformações para se adaptar às necessidades da evangelização, resultando na atual arquitetura, que o deixou conhecido como Novo Santuário. Em 1925, quando completava 150 anos, foi promovido pelo Vaticano à categoria de Basílica Menor. Sua arquitetura impressiona, com torres e janelas góticas de 32 metros e uma cúpula central de 35 metros. Em 2010, foi feita uma reforma, que ganhou nova pintura, revestimentos nas paredes internas de pedra granito, reparos no piso, nova iluminação, sistema moderno de som e ventilação. É considerado o segundo Santuário Franciscano do mundo, depois de Assis, na Itália (local de origem), e o maior das Américas.

Endereço: Praça da Basílica, 31 – Centro – CEP: 62700-000

CRATO

Sítio Caldeirão
Está localizado nas encostas da Chapada do Araripe, no distrito de Santa Fé, a cerca de 20 quilômetros da cidade do Crato. É uma das áreas de interesse patrimonial de maior destaque no contexto histórico cearense, por ter sido o cenário entre os anos de 1928 e 1937 de uma experiência comunitária baseada na autogestão e na religiosidade popular, cujo líder foi José Lourenço Gomes da Silva, o beato José Lourenço.

Endereço: Distrito de Santa Fé

 

CRATO

Sítio Fundão
É uma área com resquícios de Mata Atlântica, desapropriada pelo Governo do Estado, com extensão de 93,54 hectares, disponibilizada à população com a estrutura de um parque com trilhas ecológicas para visitantes. Toda a fauna e a flora são preservadas, além de um rico acervo material, que inclui um engenho de madeira e uma barragem de pedra edificada por escravos. Localizado a três quilômetros do centro do município, faz parte do Geossítio Batateira, vinculado ao Geopark Araripe, e é também Unidade de Conservação Ambiental, em nível estadual.

Endereço: Rua José Franca de Alencar, s/n – Seminário – CEP: 63010-100

CRATO

Estação Ferroviária do Crato
Foi inaugurada em 1926 pelo ministro da viação Dr. Francisco Sá. Localizado em frente a uma praça de especial evidência na malha urbana cratense, o edifício, por sua condição de estação ferroviária, foi construído para funcionar como abrigo temporário aos passageiros. Trata-se de obra de evidente mérito arquitetônico, bem como constitui cenário de eventos significativos da história política e social da região, além de expressivo testemunho do desenvolvimento da cidade.

Endereço: Praça Francisco Sá

CRATO

Casa de Câmara e Cadeia do Crato
Foi construída em 1877, no encontro da Praça da Sé com a rua Senador Pompeu, no Centro da cidade. Seu entorno é marcado por expressivas construções do século XX, casarões de altas empenas, com um ou dois pavimentos, e a Igreja da Sé. A edificação ocupa toda a profundidade do terreno, enquanto a lateral sul limita-se com a praça, e a norte com o pátio interno onde estão as edificações de um só andar. Atualmente a casa abriga o Museu de Arte Vicente Leite, no pavimento superior, e o Museu Histórico do Crato, no térreo.

Endereço: Rua Senador Pompeu, 502 – Centro – CEP: 63100-080

FORTALEZA

Antiga Alfândega
Surgiu por um alvará de 1810 e foi instalada em 10 de julho de 1812. Contudo, só alcançou desenvolvimento relevante no final do século XIX, quando um prédio novo foi projetado junto com a então nova estrutura portuária de Fortaleza (Ponte Metálica), projetada pelo engenheiro inglês John Hawkshaw, no ano de 1883. A construção da Alfândega coube a Tobias Laureano de Melo e Ricardo Lange. Localizada na esquina das avenidas Pessoa Anta e Almirante Tamandaré, as obras foram iniciadas em 14 de outubro de 1884, e o local, inaugurado em 15 de junho de 1891.

Endereço: Rua Pessoa Anta, 287 – Centro – CEP: 60060-188

FORTALEZA

Conjunto Palácio da Abolição e Mausoléu Castelo Branco
A iniciativa de construir um palácio como sede do Governo do Ceará surgiu no início dos anos 1960, quando o então governador Parsifal Barroso solicitou o projeto ao arquiteto carioca Sérgio Bernardes. A pedra fundamental do palácio foi lançada em 1962, e, em 1965, o então governador Virgílio Távora iniciou as obras. O Palácio da Abolição forma um conjunto com o Mausoléu Castelo Branco, o anexo e a capela. A área envolve o perímetro da avenida Barão de Studart e as ruas Silva Paulet, Deputado Moreira da Rocha e Tenente Benévolo. Entre 1970 e 1986, o Poder Executivo esteve sediado no local, e o primeiro governador a despachar no prédio foi Plácido Castelo. Após passar pelo Palácio da Luz, Centro Administrativo do Cambeba e Palácio Iracema, a sede do Executivo retornou ao Palácio da Abolição, no governo Cid Gomes e permanece com o governador Camilo Santana, assim como residência oficial do governador.

Endereço: Av. Barão de Studart, 505 – Meireles – CEP: 60125-100

Edifício Residencial Unifamiliar (residiu Rodolfo Teófilo)

FORTALEZA

Antiga Cadeia Pública
(Centro de Turismo)
Conhecida como Emcetur, foi projetada e construída a partir de 1850 pelo engenheiro Manuel Caetano Gouveia, levando cerca de 16 anos para ter suas obras definitivamente concluídas, em 1866. Em arquitetura neoclássica, a edificação caracteriza-se pela clareza construtiva e simplicidade das formas.

Endereço: Rua Senador Pompeu, 350 – CEP: 60025-000

FORTALEZA

Estação Ferroviária João Felipe
Erguida no fim do século XIX (1872‑ 1880), a edificação apresenta características neoclássicas. Foi construída em grande parte com mão de obra dos trabalhadores da seca que afetou o Ceará no período de 1877-1879. Passou a ser aberta ao público em 9 de julho de 1880, no governo de José Júlio de Albuquerque Barros.

Endereço: Rua Dr. João Moreira, 543 – Centro – CEP: 60030-000

FORTALEZA

Cineteatro São Luiz
Depois de quatro anos fechado, o Cine São Luiz foi reinaugurado em 22 de dezembro de 2014 e virou Cineteatro São Luiz. A reforma custou pouco mais de R$ 15 milhões e incluiu o restauro da parte histórica, novos equipamentos de luz, som e climatização e lugares para cadeirantes. O prédio foi comprado pelo Governo do Estado em 2011 e fechado logo em seguida. Passou a sediar a Secretaria da Cultura (Secult) e, após sucessivos adiamentos, as obras de restauro começaram em dezembro de 2013. A construção do Cine São Luiz durou quase 20 anos (1939-1958). O equipamento foi projetado por Humberto da Justa Menescal e teve decoração em gesso, teto e paredes laterais a cargo de Osório Pereira e Marcelino Guido Budini. O hall para a plateia e para o balcão tem o piso e o revestimento em mármore de Carrara e três grandes lustres de cristal da extinta Tchecoslováquia. Em virtude do seu grande tempo de construção, não é possível caracterizar um estilo arquitetônico. O equipamento apresenta elementos art déco tardios, além de elementos neoclássicos. Em 13 de março de 1991, o Cine São Luiz foi tombado pelo Estado. O equipamento tem sido palco de intensa programação cultural.

Endereço: Rua Major Facundo, 500 – Centro – CEP: 60025-130

FORTALEZA

Casa de Fausto Cabral
(Museu da Imagem e do Som do Ceará – MIS-CE)
Originalmente construída para ser residência da família do senador Fausto Cabral, a casa que hoje abriga o Museu da Imagem e do Som do Ceará tem, por sua localização e usos, tornado-se guardiã de importantes memórias da Cidade, especialmente por sua trajetória identificada com o campo da cultura e do patrimônio. Em 1971, deixou de ser residência oficial do Governo do Estado e passou a abrigar o Museu Histórico, que funcionou nesse endereço até 1990, quando passou a sediar a Coordenação do Patrimônio Histórico e Cultural (Copahc). Antes de abrigar o Museu da Imagem e do Som (MIS), em 1996, foram realizadas no imóvel diversas atividades de formação do Instituto Dragão do Mar.

Endereço: Av. Barão de Studart, 410 – Meireles – CEP: 60120-000

FORTALEZA

Casa de Juvenal Galeno
Localizada ao lado do Theatro José de Alencar, no Centro, seu tombamento definitivo foi aprovado em setembro de 2016. Edificada em 1887, a Casa de Juvenal Galeno recebeu a família do escritor a partir de 1888, logo no nascimento de Henriqueta Galeno. No mesmo período, Juvenal Galeno começou a participar de inúmeras reuniões histórico-literárias, como as do Centro Abolicionista e do Literário. Logo depois, foi convidado por Caio Prado, então presidente da província, a ocupar o cargo de diretor da Biblioteca Pública, exercendo por 19 anos a função, até o momento em que foi acometido por uma doença e perde a visão, sendo necessário se recolher.

Em 1906, sua filha Henriqueta Galeno decide convidar as entidades a se reunirem na Casa de Juvenal Galeno, possibilitando a participação de seu pai e gerando prestígio ao equipamento, além de atrair muitos escritores renomados ao local. As reuniões eram coordenadas pelo governador do Estado. Em 1909, com a criação do Salão Juvenal Galeno, o local é reconhecido como de utilidade pública (por meio da Lei de nº 060) e passa a ser destinado a promover reuniões e eventos.

Endereço: Rua General Sampaio, 1128 – Centro – CEP: 60020-030

FORTALEZA

Colégio Cearense do Sagrado Coração
O tombamento definitivo, em nível estadual, do prédio do Colégio Cearense do Sagrado Coração, popularmente conhecido como Colégio Marista, foi aprovado em fevereiro de 2017. Atualmente, no local funciona o Centro Universitário Estácio do Ceará – Campus Centro. Os anos de 1913 e 1914 são colocados como os de nascimento para as atividades da instituição, fundada pelos padres Missael Gomes, José Quinderé e Climério Chaves. Três anos depois, a administração da escola foi repassada aos Irmãos Maristas, movimento religioso surgido na França em 1817. O conjunto edificado sofreu vários acréscimos e intervenções nestes mais de cem anos de existência sendo, porém, em sua maioria, reversíveis ou de fácil identificação.

Endereço: Av. Duque de Caxias, 101 – Centro – CEP: 60035-111

FORTALEZA

Farol do Mucuripe
Foi um marco na história do Ceará, tanto pelo aspecto físico como no desenvolvimento econômico do Estado. Sua planta foi aprovada em 1829, mas só foi edificado no período entre 1840 e 1846. No ano de sua inauguração, o Farol sofreu um incêndio. Passou por uma reforma em 1872 e em 1957 foi desativado por ter se tornado obsoleto. A sua recuperação aconteceu entre 1981 e 1982, com projeto da Divisão do Patrimônio Histórico e Artístico da Secretaria da Cultura do Estado, ficando a obra sob a responsabilidade técnica da Superintendência de Obras do Estado do Ceará (Soec). O seu tombamento ocorreu em 30 de novembro de 1983.

Endereço: Av. Vicente de Castro, s/n – Cais do Porto – CEP: 60180-410

FORTALEZA

Hotel do Norte
(Museu da Indústria)
Construído no final do século XIX, o edifício foi sede do primeiro clube social da Cidade, o Clube Sociedade União Cearense e, depois, abrigou o Grande Hotel do Norte, onde foi instalada a primeira sorveteria de Fortaleza. De 1895 a 1935, foi ocupado pelos Correios, quando então foi adquirido pela companhia inglesa The Ceará Tramway Light & Power Co. Ltd., que explorava o serviço de energia e bondes elétricos da Cidade. Mais tarde, o edifício tornou-se sede da Coelce e depois foi tombado por lei estadual em 1995. A edificação ficou sem uso por 20 anos, até ser adquirida pela Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e ter suas obras de restauração iniciadas. As ações de restauro foram pensadas aliando a permanência de características originais às adequações de uso. Para melhor compreensão deste processo, as intervenções do prédio nas cores verde e branca são restauros, e as intervenções na cor vermelha são novas. Hoje, o edifício abriga o Museu da Indústria.

Endereço: Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro – CEP: 60030-000

FORTALEZA

Palacete Ceará
(Caixa Econômica Federal da Praça do Ferreira)
Uma das obras mais representativas das primeiras décadas do século XX, período em que ocorre grande transformação na aparência arquitetônica da Cidade.Foi autor do projeto o arquiteto João Sabóia Barbosa. A edificação era de propriedade de José Gentil Alves de Carvalho, tendo sido construída por Rodolpho F. da Silva e Filho. Com as transformações pelas quais passou a Cidade, principalmente depois do fim da última guerra, novas funções foram dadas ao prédio que acabou por ter seu uso degradado, sofrendo, em consequência, algumas intervenções no seu interior. Foi adquirido pela Caixa Econômica Federal em 1945, que adaptou o local às novas funções.

Endereço: Rua Guilherme Rocha, 45 – Centro – CEP: 60030-140

FORTALEZA

Palácio da Luz
(Academia Cearense de Letras)
Construção do século XIX, o Palácio da Luz pertenceu à Câmara Municipal e, em 1814, foi adquirido pelo Governo Imperial. O local foi sede do Governo do Estado, já abrigou a Casa de Cultura Raimundo Cela e, hoje, é sede da Academia Cearense de Letras. Em 1847, o presidente Ignacio Corrêa de Vasconcellos mandou fazer uma muralha de 384 palmos de extensão para sustentar o aterro do largo do palácio. Com isso, por muito tempo, o local passou a ter uma espécie de passeio público, que hoje é a Praça General Tibúrcio.

Endereço: Rua do Rosário, 1 – Centro – CEP: 60055-090

FORTALEZA

Seminário da Prainha
Localizado na confluência das avenidas Dom Manuel e Monsenhor Tabosa, o Seminário da Prainha é contíguo à Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Prainha, que foi construída em 1864, no alto da colina do antigo bairro Outeiro da Prainha. Os dois edifícios compõem um conjunto arquitetônico de interesse histórico e artístico na Cidade.

Endereço: Av. Monsenhor Tabosa, s/n – Praia de Iracema – CEP: 60165-010

FORTALEZA

Secretaria da Fazenda
Foi construída pela necessidade do governo em se equipar com seus próprios prédios administrativos. Teve sua pedra fundamental lançada em 8 de julho de 1924 e foi inaugurada em 27 de novembro de 1927. É um exemplar da arquitetura eclética no Ceará.

Endereço: Av. Alberto Nepomuceno, 2 – Centro – CEP: 60055-000

 

Casa de Thomaz Pompeu

Igreja Nossa Senhora do Rosário

Praça General Tibúrcio (Praça dos Leões)

Solar Fernandes Vieira (Arquivo Público)

Antiga Escola Normal (atual sede do Iphan)

Banco Frota Gentil

Sobrado Dr. José Lourenço

Galpões da RFFSA (extensão do Conjunto da Estação João Felipe)

ICÓ

Teatro da Ribeira dos Icós
O mais antigo teatro cearense apresenta características neoclássicas, construído no século XIX (1860) pelo médico francês Pedro Théberge. É remanescente da fase áurea de Icó como centro de atividade econômica baseada na criação do gado, no cultivo das vazantes do Rio Salgado e no comércio, no fim do século XVIII até meados do século XIX. Depois de 1950, o prédio serviu para exibições de filmes, e, na década seguinte o foyer funcionou como emissora de rádio.

Endereço: Rua 7 de Setembro, s/n – Centro – CEP: 63430-000

IPU

Igreja de Nossa Senhora do Desterro

QUIXERAMOBIM

Casa de Antônio Conselheiro
A casa onde nasceu Antônio Vicente Mendes Maciel, conhecido como Antônio Conselheiro, foi construída no início do século XIX por Vicente Maciel, pai do líder sertanejo. De originais, a casa possui apenas as portas. Não apresenta janelas em suas fachadas, à exceção da do sótão, com vista para o rio. O acesso ao sótão era feito por escada de madeira, de vão reto, com detalhes trabalhados em suas linhas de apoio e corrimão. Posteriormente, foi substituída por outra, helicoidal. Trata-se de construção modesta, com a arquitetura singela, típica das casas do Interior cearense.

Endereço: Rua Cônego Aureliano Mota, 210 – Centro – CEP: 63800-000

SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Igreja Nossa Senhora da Soledade
Situada no distrito de Siupé, município em São Gonçalo do Amarante, em terreno de aproximadamente 8.000 m², domina o centro da grande praça, ao redor da qual foram edificadas pequenas casas, característica das antigas vilas missionárias. Acredita-se que a construção da igreja tenha sido entre 1730 e 1737.

Endereço: Rua Pedro Gomes, 108 – Siupé – CEP: 62670-000

SOBRAL

Teatro São João
Após dificuldades nas obras, provocadas pela seca, o Teatro São João foi inaugurado no dia 26 de setembro de 1880. Erguido a partir da solicitação da Sociedade Cultural União Sobralense, o teatro traria benefícios culturais à sociedade, além de promover meios de trabalho aos flagelados da seca. Com desenho de José da Veiga Braga, a arquitetura tem inspiração italiana. Construído no estilo neoclássico, é um dos raros exemplos brasileiros do período que apresentam na fachada um frontão em arco. Em desuso por alguns anos, o teatro chegou a ter seu interior arruinado. Após a recuperação, promovida pela prefeitura local, o espaço foi reinaugurado em 1973, no bicentenário da elevação de Sobral à categoria de vila e, hoje, faz parte da tríade dos teatros monumentais existentes no Ceará, juntamente com o Theatro José de Alencar, em Fortaleza, e com o Teatro da Ribeira dos Icós, em Icó.

Endereço: Praça São João, 156 – Centro – CEP: 62010-290

TAUÁ

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário
Situada à margem esquerda do rio Trici, a Igreja matriz de Nossa Senhora do Rosário foi construída em 1762 e, em volta dela, cresceu a cidade de Tauá. Localizada em terreno mais elevado, ainda se destaca na paisagem urbana, como ponto focal da Praça Dr. Alberto Feitosa Lima. À frente da Igreja há um cruzeiro sobre base de tronco de pirâmide, no centro da escadaria de acesso. O adro encontra-se em nível mais elevado que a rua, com escadas laterais em forma de círculo.

Endereço: Rua Coronel Lourenço Feitosa, 269 – Centro – CEP: 63660-000

TAUÁ

Igreja de Jesus, Maria e José
(Igreja das Marrecas)
Localizada no distrito de Marrecas, em Tauá, foi construída no início do século XVIII. Está situada na Praça Almerinda Cidrão, em nível mais elevado, alcançado por escadarias. A festa de Jesus, Maria e José, realizada todos os anos, no mês de abril, configura-se como um dos maiores eventos religiosos do Ceará.

Endereço: Distrito de Marrecas

VÁRZEA ALEGRE

Capela de São Caetano
Situada em Naraniú, distrito de Várzea Alegre, a Capela de São Caetano tem sua fachada principal voltada para a Casa Grande do antigo engenho de mesmo nome. Há, no entanto, a presença da rodovia CE-060, separando estes edifícios, o que vem a descaracterizar o sítio. Tipologicamente, trata-se de uma capela rural setentecista com partido em T incompleto, surgido no século XVII, utilizado durante todo o século seguinte, principalmente em capelas rurais como a de São Caetano.

Endereço: Distrito de Naraniú

 

BENS EM PROCESSO DE TOMBAMENTO

Baturité – Igreja de Nossa Senhora da Palma, Secretaria Municipal de Saúde, Cadeia Pública, Palácio Entre Rios, Estação Ferroviária e Igreja Santa Luzia

Crato – Sítio Bebida Nova

Cascavel – Casa de Câmara e Cadeia

Fortaleza – Escola Jesus, Maria e José e Náutico Atlético Cearense

Ipu – Estação Ferroviária

Quixeramobim – Casarão de José Felício

EQUIPAMENTOS CULTURAIS MANTIDOS PELA SECRETARIA DA CULTURA DO ESTADO DO CEARÁ

Arquivo Público

Biblioteca Pública Governador Menezes Pimentel

Casa de Juvenal Galeno

Centro Cultural Bom Jardim

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho

Mausoléu Castelo Branco

Museu Sacro São José de Ribamar

Museu do Ceará

Museu da Imagem e do Som

Sobrado Dr. José Lourenço

Theatro José de Alencar