Ceará da Cultura

Bens tombados pela União

AQUIRAZ

MERCADO DA CARNE
O Mercado da Carne desperta admiração de quem o visita em virtude da técnica da construção, com destaque para o uso da carnaúba e do tijolo adobe. Erguido no século XIX, o local possui uma harmonia geométrica do teto que mostra o ar arrojado da construção. Na sua parte central, a carne era vendida ao público. Durante décadas, o Mercado da Carne foi o coração comercial da cidade. Junto à parte central, há outra construção em formato de “L”, na qual está um conjunto de lojas, que fica diretamente para a rua, e também está incluído no tombamento.
Endereço: Rua Santos Dumont, s/n – Centro – CEP 61700-000 – Aquiraz – CE

ARACATI

 

CASA DE CÂMARA E CADEIA (CÂMARA MUNICIPAL)

IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
Construída na segunda metade do século XVIII para servir de câmara, audiência e cadeia para homens e mulheres. Um dos documentos mais importantes para a reconstituição da história do edifício é uma aquarela de José dos Reis Carvalho, pertencente ao Museu da História Nacional (MHN).
Endereço: Rua Liberato Barroso (esquina com Praça da Independência) – Centro – CEP 62800-000 – Aracati – CE

CONJUNTO ARQUITETÔNICO E PAISAGÍSTICO DE ARACATI

CAUCAIA

CASA DE CÂMARA E CADEIA
Localizada na praça central de Caucaia, o imóvel foi construído na primeira metade do século XVIII, restaurado em 1962 e em 1987, ano no qual foi adaptado para funcionar como biblioteca municipal.
Endereço: Av. Edson da Mota Correa – Centro – CEP 61600-150 – Caucaia – CE

 

FORTALEZA

 

PASSEIO PÚBLICO (ANTIGA PRAÇA DOS MÁRTIRES)
Logradouro que integra o conjunto da rua Doutor João Moreira, junto a outros importantes referenciais histórico-arquitetônicos da Cidade. Sua arborização e jardins originais datam de 1881 e já possuiu três planos, que acompanhavam o desnível do terreno em direção à praia, mas apenas o primeiro se manteve. Conhecido, atualmente, como Passeio Público, o local foi recuperado para visitação em 2007, é mantido pela Prefeitura e funciona como espaço de lazer, composto por restaurante e programação cultural.
Endereço: Rua Doutor João Moreira, s/n – Centro – CEP 60030-000 – Fortaleza – CE

ASSEMBLEIA PROVINCIAL (MUSEU DO CEARÁ)
Projetado por Adolfo Herbster, foi construído entre 1856 e 1871 para sediar a Assembleia Provincial. A influência neoclássica de seu desenho é percebida na disposição simétrica das fachadas, no pórtico de colunas duplas, um frontão triangular com brasão republicando. O prédio guarda a coleção arqueológica da Escola Normal.
Endereço: Rua São Paulo, 51 – Centro – CEP 60030-100 – Fortaleza – CE

CASA NATAL DE JOSÉ DE ALENCAR
A pequena casa compõe o sítio onde nasceu o escritor cearense José de Alencar. Construída no século XVIII, está localizada no antigo sítio do Alagadiço Novo (arredores de Messejana), em terras que pertenciam ao senador Alencar, pai do escritor. Atualmente, a área pertence à Universidade Federal do Ceará (UFC). Além da casa, subsistem as ruínas de um antigo engenho, o primeiro do Estado a funcionar com energia a vapor. Com piso em tijoleira, possui paredes em tijolo em cal, madeiramento em carnaúba tipo caibro e cobertura em telha-vã. É considerada um importante bem pelo seu significado arquitetônico, porque documenta o estágio evolutivo do emprego da carnaúba como material de cobertura nos primeiros anos do século XIX, período provável de sua construção.
Endereço: Av. Washington Soares, 6055 – José de Alencar – CEP 60830-005 – Fortaleza – CE

COLEÇÃO ARQUEOLÓGICA DO MUSEU DA ESCOLA NORMAL JUSTINIANO DE SERPA (SOB A GUARDA DO MUSEU DO CEARÁ)
No museu, estão as seguintes peças: um vaso de cerâmica que é um trabalho indígena e foi encontrado na Gruta de Ubajara; uma coleção de 68 peças formadas por arcos e flechas de indígenas do Mato Grosso; uma coleção formada por 22 peças de adornos indígenas; e quatro machados de pedra indígenas.
Endereço: Rua São Paulo, 51 – Centro – CEP 60030-100 – Fortaleza – CE

FORTALEZA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO
Marco fundante da cidade de Fortaleza, foi erguida sobre as ruínas de antigo forte holandês. O seu desenho atual data do início do século XIX, mas nunca se fez completo, uma vez que, dos quatro baluartes previstos, apenas se realizaram os dois voltados para o mar. Atualmente, sedia a 10ª Região Militar.
Endereço: Av. Alberto Nepomuceno, s/n – Centro – CEP 60055-000 – Fortaleza – CE

PALACETE CARVALHO MOTA (ANTIGO MUSEU DAS SECAS E ATUAL ARQUIVO DO DNOCS)
Edificação construída em 1907 para ser residência, mas passou a abrigar, a partir de 1982, o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs). Tem feição eclética, com fachadas enriquecidas por balcões e pórticos de ferro fundido. O local apresenta situação precária.
Endereço: Rua Pedro Pereira, 683 (esquina com a rua General Sampaio) – Centro – CEP 60035-000 – Fortaleza – CE

THEATRO JOSÉ DE ALENCAR
Construído entre 1908 e 1910, destaca-se pela estrutura metálica da sala de espetáculos, encomendada à empresa Walter MacFarlane y Cia. (Glasgow, Escócia). A ideia original de teatro-jardim veio a se consolidar na década de 1970, com desenho do paisagista e artista plástico Roberto Burle Marx.
Endereço: Rua Liberato Barroso, 525 – Centro – CEP 60030-160 – Fortaleza – CE

ICÓ

 

CASA DE CÂMARA E CADEIA 
Atual cadeia pública e fórum. Construída entre o fim do século XVIII e início do século XIX, é considerada uma das maiores e mais importantes do Estado, com original sistema de grades de ferro para isolamento das celas. Em 1780, a obra foi paralisada por estar sendo utilizado barro para seus alicerces, no entanto foi retomada em 1800 pelo capitão Roberto Correia da Silva, utilizando pedra e cal. Em 1862, as instalações foram transformadas em enfermaria para as vítimas da epidemia de cólera. No pátio, estão a Capela de Nossa Senhora da Expedição e dois alojamentos para soldados.
Endereço: Rua Doutor Inácio Dias, s/n – Largo do Thebérge – CEP 63430-000 – Icó – CE

CONJUNTO ARQUITETÔNICO E URBANÍSTICO DE ICÓ
É considerado o melhor da arquitetura tradicional feita no Ceará, inclusive no plano popular. Este patrimônio concentra-se nas principais ruas do município, onde estão os bens de maior relevância e o traçado urbanístico imposto pelas normas da Coroa Portuguesa, no século XVIII. Como toda a arquitetura tradicional produzida na antiga Província do Ceará, a de Icó também prima pela simplicidade e despojamento. A cidade conserva um precioso acervo arquitetônico, e a área delimitada para a proteção possui, aproximadamente, 320 imóveis.

IGUATU

FACHADAS DA IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA

ITAREMA

IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

QUIXADÁ

AÇUDE CEDRO
Sua parede em arco de alvenaria de pedra foi a primeira grande obra hidráulica moderna do continente sul-americano. Ela incorporou o avançado progresso científico, tecnológico e do cálculo aplicado à engenharia civil à época. Projetada pelo engenheiro britânico J. J. Rèvy e construída por expoentes da nascente engenharia brasileira de formação politécnica, a barragem afirma-se como um exemplar excepcional do período entre a segunda metade do século XIX e o início do século XX. É uma das pioneiras obras do seu tipo e do seu porte no mundo.

CONJUNTO PAISAGÍSTICO DOS SERROTES, CONSTITUÍDO POR FORMAÇÕES GEOMORFOLÓGICAS EM MONÓLITO

QUIXERAMOBIM

CASA DE CÂMARA E CADEIA

SOBRAL

CONJUNTO ARQUITETÔNICO E PAISAGÍSTICO DE SOBRAL
Abrange uma área que se estende da margem do Rio Acaraú à rua Coronel Monte Alverne, onde estão inúmeros imóveis e espaços públicos. Dentre suas valiosas edificações remanescentes do século XVIII, estão o Teatro e a Praça São João, um conjunto de casas em estilo art nouveau, sobrados decorados com motivos greco-romanos e várias construções religiosas, como as igrejas da Sé e dos Pretinhos de Nossa Senhora do Rosário (construída por pessoas escravizadas).

VIÇOSA DO CEARÁ

 

 

 

IGREJA MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO E SEU ACERVO MÓVEL E INTEGRADO, ESPECIALMENTE OS PAINÉIS PINTADOS NO TETO DA CAPELA-MOR
A igreja mais antiga do Estado foi construída pelos jesuítas, entre 1691 e 1700. Na época, os jesuítas catequizavam os índios Tabajara e, para atraí-los à fé católica, esculpiram a imagem de Nossa Senhora da Assunção com traços semelhantes aos das mulheres daquela etnia. Ao longo dos anos, com a mudança de párocos, a igreja, em estilo barroco e fachada eclética, foi sendo reformada e descaracterizada, perdeu o altar do coral, e teve a inclusão de cerâmicas em seu interior e pedras na fachada.
Endereço: Praça Clóvis Beviláqua, 589 – Centro – CEP 62300-000 – Viçosa do Ceará – CE

CONJUNTO HISTÓRICO E ARQUITETÔNICO DE VIÇOSA DO CEARÁ

BENS REGISTRADOS PELA UNIÃO

FESTA DO PAU DA BANDEIRA DE SANTO ANTÔNIO EM BARBALHA (LIVRO DAS CELEBRAÇÕES)

LITERATURA DE CORDEL (LIVRO DAS FORMAS DE EXPRESSÃO)

OFÍCIO DOS MESTRES DE CAPOEIRA (LIVRO DOS SABERES)

RODA DE CAPOEIRA (LIVRO DAS FORMAS DE EXPRESSÃO)

TEATRO DE BONECOS POPULAR DO NORDESTE (LIVRO DAS FORMAS DE EXPRESSÃO)